3 de agosto de 2017

{Resenha} Princesa de Papel | Erin Watt


Título: Princesa de Papel
Autor(a): Erin Watt
Páginas: 368
Editora: Planeta
Classificação: 3\5
Sinopse: “O primeiro livro da série The Royals, a nova sensação new adult dos EUA. Ella Harper é uma sobrevivente. Nunca conheceu o pai e passou a vida mudando de cidade em cidade com a mãe, uma mulher instável e problemática, acreditando que em algum momento as duas conseguiriam sair do sufoco. Mas agora a mãe morreu, e Ella está sozinha. É quando aparece Callum Royal, amigo do pai, que promete tirá-la da pobreza. A oferta parece tentadora: uma boa mesada, uma promessa de herança, uma nova vida na mansão dos Royal, onde passará a conviver com os cinco filhos de Callum. Ao chegar ao novo lar, Ella descobre que cada garoto Royal é mais atraente que o outro – e que todos a odeiam com todas as forças. Especialmente Reed, o mais sedutor, e também aquele capaz de baixar na escola o “decreto Royal” – basta uma palavra dele e a vida social da garota estará estilhaçada pelos próximos anos. Reed não a quer ali. Ele diz que ela não pertence ao mundo dos Royal. E ele pode estar certo.



Ella é uma garota de 17 anos que que viveu na miséria desde que se entende por gente. A protagonista só conheceu sua mãe, que morreu de câncer a anos atrás, seu pai era marinheiro e só deixou de para seu caso de uma noite um relógio.
A personagem trabalha em um clube como striper para sobreviver e mente para todos para conseguir estudar e trabalhar. Bem, na escola Ella tem 17 anos, no seu trabalho 34.
Tudo muda quando um homem que ela nunca viu na vida aparece na sua escola e se apresenta como seu guardião legal, com isso as mentiras de Ella caem por água abaixo e ela se vê obrigada a fugir. Apesar de fugir Ella é pega enquanto trabalha e é levada para a casa dos Royals.
Resultado de imagem para gif i don't careSeu guardião, Colum tem cinco filhos e eles não vão com a cara da personagem de primeira porque acham  que a mesma está dormindo com seu pai e, por isso, se acham no direito de espalhar mentiras na escola e ofender Ella. Achei isso muito repulsivo e idiota, quis desistir da leitura por conta disso mas, quando a protagonista se mostrou forte e enfrentou de frente todos os problemas, acusações e apelidos depreciativos eu resolvi dar mais uma chance ao livro. Ella, apesar de tudo o que passou, não abaixa a cabeça para aqueles que a ofendem, ela os enfrenta, se mostra forte e resistente.
Ella, apesar de tudo, acaba se sentindo muito atraída por Reed e eles acabam ficando às escondidas, mas, como sempre, várias coisas acontecem para atrapalhar o romance deles. Romance esse que eu achei muito possessivo e ciumento, pouco saudável.
Outra coisa que me incomodou foi que tudo os Royals resolvem na violência. Se uma pessoa fala mal da família de Reed ela a agride, se alguém descumpre uma regra ele a agride… não achei isso legal.
Bem, eu nunca tive a curiosidade de ler esse livro, porque…. eu não sei um porquê, para ser sincera, mas eu não tive interesse nele quando foi lançado aqui no Brasil. Depois que eu assisti uma resenha e fiquei sabendo melhor da história eu resolvi ler e tirar minhas próprias conclusões a respeito.
Eu gostei do livro, algumas partes eu realmente odiei, e outras eu amei. A protagonista é uma jovem forte e determinada e que se mostrou mais forte ainda com o decorrer da história. Os irmãos Royal por outro lado se mostraram pessoas extremamente fúteis, quando Ella diz que vai trabalhar em uma padaria todos tentam impedí-la dizendo que isso prejudicaria a imagem da família.
O único com quem eu simpatizei mais depois de um tempo (leia-se quase no final da história) foi Easton, ele, a princípio foi um babaca junto com os outros irmãos ma deu uma melhorada significativa no decorrer da trama.
Algo que eu percebi é que todos na família Royal têm segredos pra lá de cabeludos e os escondem a todo custo. Quase nenhum é revelado aos leitores no livro um e isso nos deixa ainda mais ansiosos por mais informações.
Resultado de imagem para gif surpresaEm linhas gerais, eu me encantei pela escrita das autoras Elle Kennedy e Jen Frederick, sim!  Erin Watt é um pseudônimo criado pelas autoras. Enfim, a escrita é leve e fluida e eu só percebi que estava no final da história quando algo bombástico aconteceu e eu procurei respostas e só encontrei folhas em branco, sim elas fizeram isso conosco. O livro um termina com um acontecimento bombástico e só temos respostas no livro dois, Príncipe Quebrado.


Essa postagem é válida para o top comentarista de agosto, faça  inscrição aqui


19 comentários:

  1. Oi Ste!
    Já ouvi tantos elogios e críticas sobre esse livro. Tenho que le-lo para falar de eu gostei ou não.

    Gostei logo de cara da mocinha que já sofreu tanto na vida e ainda se mantém firme e forte.

    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mich!

      Eu ouvi muito sobre o livro, mais mal do que bem. Só lendo mesmo para saber se é realmente bom.

      Beijocas!

      Excluir
  2. Nunca ouvi falar desse livro mas vou anotar na minha lista pois gosto muito de personagens decididas e fortes.

    ResponderExcluir
  3. Já havia visto um quote sobre este livro, e fiquei bem interessada para saber sobre o que seria a trama,mas confesso que já não estou não animada pela litura, apesar de amar protagonistas fortes, não curto muito leituras com violência e situações de excesso. E não sabia que teria uma série também.Mas irei continuar conferindo as resenha da continuação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Logo, logo vou postar uma resenha sobre o livro dois.

      Beijocas!

      Excluir
  4. Ahh! Esse é um dos livros que mais quero ler e ainda não consegui comprar.
    Vc falou que gostou, mas tem gente falando que se decepcionou e eu não sei se leio ou não, porém a sinopse me chama muito a atenção!
    Vou comprar e ler logo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Herica,

      Eu escutei muito sobre esse livro, coisas boas e ruins. Minha [unica opção foi ler e descobrir o que eu achava, e eu gostei! Essa história divide muitas opiniões.

      Beijocas!

      Excluir
  5. Quero muito ler esse livro. Adorei a personalidade da protagonista. Gosto de mocinhas assim. Sei que não irei gostar da família royal pq são mesquinhos demais.
    Espero gostar demais do livro!

    ResponderExcluir
  6. Que resenha maravilhosa! Gosto da sua sinceridade em relação as suas leituras. Eu tenho e não tenho vontade de ler Princesa de papel, é uma dúvida cruel. Mas Ella parece uma personagem bacana, e com uma história bonita para nos contar.

    ResponderExcluir
  7. Esse livro tem um monte de coisa que me deixou pé atrás pra ler. As atitudes da garota, desse cara e mais uns trocinhos aí... Mas chamou atenção por ser escrito pela Elle também e por isso me deu vontade de conhecer. Parece que a gente ama umas coisas e odeia outras então. No fim das contas o negócio e ler e ver o que acha mesmo. Já sei que tem coisa ali que vou odiar, mas pode ter outras que vou amar também, então....bem, parece um livro que ao menos mexe com nossos sentimentos! xD

    ResponderExcluir
  8. Gostei muito da história,ja tinha ouvido falar desse livro,porém ainda não tinha lido sobre a história mas agora que sei da história vou colocar na minha lista de livros pra ler 😍

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Já tinha ouvido falar desse livro,porém não conhecia a história

    ResponderExcluir
  11. A personagem deste livro Ella, parece ser bem forte, que apesar de todas as ofensas e o que ela passou, não abaixou a cabeça para as ofensas, não tive como não ficar curiosa para ler este livro após ler sua resenha, que bom que o final é bombástico, deixa o leitor mais curioso para ler o livro seguinte.
    Adicionei Princesa de Papel em minha lista de leituras.

    ResponderExcluir
  12. Já li várias resenhas desse livro, mas ele ainda não não me interessa muito, para mim a história parece ser um pouco clichê e acho que os filhos do Colum me irritariam muito, mas para quem gosta do gênero parece se rum livro ótimo.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Esse seria um livro que eu apenas compraria pela capa, pois a sinopse não me agradou muito, por outro lado, depois dessa resenha eu ficou curioso pra ler!

    ResponderExcluir
  14. Olá Ste ;)
    Já li a série toda em inglês há um tempo, e esse foi o que mais gostei!
    Gostei da Ella, senti que ela amadureceu mesmo ao longo do livro, mas o Reed é maio detestável né? Depois ele melhora!
    E adoro os livros da Elle Kennedy, e acho que ela escreve bem melhor sozinha, na minha opinião.
    Estou doida para ler o livro do Easton, pois ele também foi um personagem que gostei bastante *-* só resta aguardar o lançamento!
    Bjos

    ResponderExcluir
  15. Oi! Eu to louca por esse livro! A personagem me parece super forte por aguentar/superar tudo isso pela qual ela ta passando e deve ser sensacional acompanhar. Adorei a resenha. Beijoss

    ResponderExcluir