25 de outubro de 2016

A garota que você perdeu...

A garota que você perdeu faz planos na frente do espelho. Ela adora fazer caretas e tirar fotos que ninguém vê. Ela tem a incrível habilidade de misturar momentos de coragem absurda com medos quase inacreditáveis. Se ela quiser, segura um touro com as unhas, mas morre de medo de barata.


Sempre perfumada, olhares que ninguém consegue entender muito bem. Ninguém realmente a entende, porque ela é um milhão de coisas ao mesmo tempo e esse milhão de coisas pode se tornar outro milhão daqui a cinco minutos. Ela é imprevisível e esse é seu charme.

E quando ela lança olhares inocentes, você vai querer entender um pouco mais. Ela te seduz nos detalhes, ela te ganha na simplicidade de tudo que faz. Ela consegue ser o silêncio da buzina de um trem e a suavidade de um coice de mula, sendo que ela é tão contraditória quanto as duas coisas.

A garota que você perdeu, não volta mais. Mas ela espera que a felicidade chegue. Talvez ela a encontre numa barba rala, num livro velho, numa nota musical ou até mesmo num novo shortinho. A garota que você perdeu é boa demais.

Texto escrito por: Leonardo Souza

Nenhum comentário:

Postar um comentário