4 de julho de 2016

Resenha: Namorado de Aluguel

Titulo: Namorado de Aluguel
Autora: Kate West
Editora: Verus
Paginas: 250
Sinopse: Quando Bradley, o namorado de Gia Montgomery, termina com ela no estacionamento do baile de formatura, ela precisa pensar rápido. Afinal, ela vem falando dele para suas amigas há meses. Esta era para ser a noite em que ela provaria que ele não é uma invenção da sua cabeça. Então quando vê um garoto esperando a irmã no estacionamento do baile, Gia o recruta para ajuda-la. A tarefa é simples: se passa por namorado dela por duas horas, nenhum compromisso, algumas mentirinhas. Depois disso ela pode tentar reconquistar o verdadeiro Bradley. O problema é que alguns dias depois do baile, não é em Bradley que Gia está pensando, mas no substituto. Aquele cujo nome ela nem sabe. Mas localizá-lo não significa que o relacionamento de mentira deles acabou. gia deve um favor a esse cara, e a irmã dele tem a solução perfeita: a festa de formatura da ex-namorada dele, apenas três horas, nenhum compromisso, algumas mentirinhas.
E, justamente quando Gia começa a se perguntar se pode transformar seu namorado falso em real, Bradley reaparece, expondo sua farsa e ameaçando destruir suas amizades e seu novo relacionamento.
Inteligente e maravilhosamente romântico, Namorado de Aluguel retrata a jornada inesperada de uma garota para encontrar o amor e possivelmente até a si mesma.

Resenha:

"Não faça isso, a menos que seja verdade."

Namorado de Aluguel, foi um livro que me encantou logo que vi a capa pela primeira vez, antes mesmo de ler a sinopse ele já estava na minha lista de desejados, apesar de ser um enredo nem um pouco original, a autora soube levar a história de uma forma que me conquistou desde a primeira pagina.
Gia é uma das garotas mais populares da escola, inteligente, bonita, só anda com pessoas badaladas, presidente do grêmio estudantil e sua família parece ser extremamente perfeita. A única coisa, ou melhor pessoa, que parece abalar toda essa segurança é Jules, uma garota que se juntou a pouco tempo a sua turma de melhores amigas, e que no momento esta fazendo tudo o possível na tentativa de desbancá-la, desde comentários maldosos, tentar afastá-la de suas grandes amigas e principalmente insinuar que Gia está mentindo sobre seu namorado Bradley, um jovem estudante da UCLA.
A festa de formatura é a grande oportunidade de Gia provar para Jules que ela esta errada e que seu namorado existe sim e que além de tudo ele é lindo e super apaixonado. Mas Bradley termina com ela antes deles entrarem no baile e nem todos os argumentos usados por Gia faz com que o garoto mude de ideia, então ele simplesmente vai embora, deixando ela no estacionamento sem nem ao menos perguntar se ela tem carona para ir para casa no final do baile.
Sem ter a minima ideia do que fazer e sem querer admitir para suas amigas o que realmente aconteceu, por medo delas pensarem que ela esta mentindo, Gia fica no meio do estacionamento totalmente sem rumo, até que vê um rapaz perfeito para ajudá-la. Ele só tinha ido levar a irmã até o baile e até já deveria ter ido embora, mas Gia aparece com um pedido totalmente inusitado, perguntando se ele não poderia ser seu namorado de aluguel até o fim da noite do baile, permitindo assim que ela prove, através de uma mentira, que Bradley existe.


"Definitivamente não era a razão que estava no comando do meu cérebro. Era o desespero."

No entanto, o que Gia jamais poderia imaginar é que o "dublê de Bradley" era mais perfeito do que ela poderia espera, o rapaz simplesmente entra no personagem e na cabeça de Gia, tanto que após ao baile ela tenta fazer de tudo para encontrá-lo e descobrir um pouco mais sobre ele... Só tem um detalhe nessa história toda, ela não sabe o nome do garoto, não tem mínima ideia de onde ele mora e pra piorar não tem nem o número do telefone dele, e única pessoa capaz de te ajudar, a irmã de Hayden ("dublê de Bradley"), que simplesmente parece odiá-la e não ter a minima vontade de ajudá-la.
Confesso que inicialmente eu senti uma certa raiva de Gia, a superficialidade da garota é absurda, ela simplesmente consegue se importar apenas com o que as pessoas pensam dela e sua vida parece ser medida por números de curtidas que recebe em suas redes sociais, e isso de certa forma é deprimente. Claro que é triste você passar meses planejando seu baile de formatura, tendo a plena certeza de seu namorado estará do seu lado nesse momento, e ele simplesmente terminar com você na porta do baile antes mesmo de entrar, foi bem insensível da parte dele. Mas não posso deixar de entender o lado do garoto, afinal depois de dois meses sem vê-lo a única coisa que ela se preocupou foi como suas amigas reagiriam ao conhecê-lo.
Se inicialmente Gia é uma garota superficial, no decorrer da trama ela se torna uma garota madura e capaz de finalmente mostrar o que realmente sente, e o Hayden e sua irmã são mais que essenciais para essa mudança.
A família de Hayden merece um destaque especial, pois ela é simplesmente incrível, a Bec, irmã de Hayden, merece sem dúvida um spin-off, pois preciso muito saber o final de sua personagem e se seu romance finalmente vai acontecer. A mãe deles é aquele tipo de pessoa que você sente uma vontade imensa de sair correndo para o colo e contar todos os problemas que te aflige.
O romance que rola entre os personagens é algo bem fofo e acontece de forma super natural, o que acabou me agradando muito, pois foi imensamente prazeroso ver a evolução do sentimento entre eles.
Engana-se quem pensa que o livro se trata apenas de um romance bobo e adolescente, e possível ver diversos valores serem abordados no decorrer do livro, entre eles a amizade e a importância da família e do papel que ela representa na vida dos jovens.

"O cabelo dele precisava de atenção novamente, mas ele era mais fofo do que eu me lembrava."

Confesso que fiquei triste com algumas pontas soltas ao final da leitura, e também não consegui entender porque a família do Gia faz tanta questão de se parecer tanto com uma família de comercias de margarina, toda vez que falava da família dela eu automaticamente pensava no lema da Elsa de Frozen: "Encobrir, não sentir, não deixar ver." A família simplesmente não mostra o que sente, e mesmo quando a garota faz coisas indevidas, seus pais parecem sempre prontos para perdoá-la antes mesmo de questionar suas atitudes. Eles simplesmente não brigam, não questionam, não reagem, e isso é triste, é como se a adolescente não tivesse pais, e em alguns momentos isso parece ser tão solitário.
Essa foi minha primeira experiência com a autora e espero poder ler mais livros dela em breve, sua escrita é leve, e é possível realizar a leitura em poucas horas, sem contar que o livro é extremamente encantador do inicio ao fim.
Mesmo sendo um livro desejado desde o início, Namorado de Aluguel acabou me surpreendendo de forma significativa, trazendo algumas reflexões que considerei bem importantes, eu só gostaria que a autora tivesse se dedicado mais em alguns personagens e principalmente no final, que embora não tenha ficado ruim, acabou deixando a desejar.
Enfim, Namorado de Aluguel, foi um livro que me proporcionou momentos incrivelmente agradáveis. Super recomendo para quem busca uma leitura rápida, leve e divertida.

22 comentários:

  1. Olá Aline,
    EU li esse livro recentemente e também adorei, especialmente por ser uma leitura tão rápida e ainda mais divertida. Assim como você, a história também me surpreendeu bastante, por mais que seja um pouco clichê. E traz mesmo reflexões interessantes, além de alguns outros questionamentos. Como essa foi sua primeira experiência com a autora, recomendo que leia outros livros dela, pois sua escrita é maravilhosa.

    Beijos, Fer
    http://www.segredosemlivros.com/

    ResponderExcluir
  2. Olá, faz tempo que eu quero ler esse livro e mesmo já tendo visto algumas resenhas dele por aí eu tenho que destacar que gostei muito da sua sinceridade. Gostei dos pontos que você abordou na sua resenha e de saber um pouco mais sobre a obra, fiquei curiosa com as pontas soltas que você falou por que eu ainda não sabia sobre elas. Eu ainda quero muito ler esse livro e acho que vou gostar bastante.

    ResponderExcluir
  3. Tenho lido muitas criticas positivas sobre o livro, mas acho que a sua resenha foi a primeira a alertar que o livro não é apenas um romance leve de adolescentes. Espero poder ler o mais rápido possível.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi Aline, tudo bem?
    Esse livro ultimamente anda bombando pela blogosfera e por ver tanta gente amando o livro, acredito que já está mais do que na hora de conhecê-lo. Amei a premissa dele, mas como você, acredito também que iria me irritar profundamente com a superficialidade da protagonista também, acho desnecessário ter que ficar provando alguma coisa para outras pessoas, que nem sequer realmente gostam de mim e se importam. Mas você disse que a personagem amadurece ao longo do livro e por isso, acredito que deve valer muito a pena. Adorei a sua resenha e espero ler o livro em breve.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  5. Oi
    Quero muito ler esse livro! Tenho visto muitas resenhas positivas sobre esse livro, mas a sua foi a primeira que apontou algumas pontas soltas e algumas críticas e isso me fez ver a leitura com outros olhos.
    Mesmo assim vou arriscar e ler.
    Adorei sua resenha;
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  6. Desde o primeiro momento que eu tive contato com essa obra eu já desejei ler e agora terei a oportunidade! Primeiramente que ninguém merece essa tal de Jules que entrou na vida da Gia apenas para acrescentar com recalque e esse namorado dela é um babaca, só queria dizer que nesse caso ele acabou foi fazendo um favor para ela! Mal posso esperar para ler e me apaixonar por esses personagens e ver no que vai dar <3 Amei amei e amei.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  7. Olá Aline,
    Suas impressões estão incríveis. Tenho muita curiosidade de ler esse livro e acho que vou gostar de muitas coisas nele. Fiquei muito contente por saber que o livro, de alguma forma, te surpreendeu.
    A única coisa que eu vi como um ponto negativo é o fato de Gia querer fazer sua família se parecer com um comercial de margarina. Acho que a aparência não é tudo.
    Espero gostar da leitura como você gostou.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  8. Oi!

    Ao contrário de você, eu não senti raiva da Gia pela sua superficialidade, até porque dava pra perceber que ela se esforçava para ser uma boa pessoa e tudo mais, mas é que ela estava inserida em um ambiente competitivo e que estimulava a superficialidade visto a Geração dos likes e da popularidade. Eu gostei bastante do livro, o Hayden é um AMOR. Queria muito que tivesse mais, mas pena que não terá. A leitura fluiu bem. Que bom que você também gostou. haha.

    bjs =)

    ResponderExcluir
  9. Olá!! :)

    EU nao conhecia o livro mas fiquei contagiado pela tua resenha! !:) ahah QUe bom que gostaste assim e que ate ficaste olho na autora!! :)

    Eu quero le-lo ate porque gosto de leituras leves e fluidas... So achei mau que tivessem ficado algumas pontas soltas no final... :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  10. Oie...
    Assim como você, desde que vi essa capa maravilhosa coloquei nos desejados sem mesmo ler a sinopse kkk... Sempre acontece isso comigo :)
    Já comprei meu exemplar e quando for fazer a leitura já vou estar prevenida quanto a falta de originalidade e sobre essas pontas soltas, pois, já vi muita gente falando sobre essas ressalvas.

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Eu estou com esse livro na lista de leituras também e pela sua resenha descobri várias características que ainda não sabia. Por exemplo, o porque do namorado ter terminado com ela na porta do baile, e sim, foi bem insensível mesmo mas eu até que entendo, ele parecia um troféu para ela então. O romance deve ser uma amorzinho, né?
    Que pena que ficou algumas pontas soltas, mas talvez venha uma continuação para amarrar tudo!
    Beijos.
    http://arsenaldeideiasblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Eu li esse livro e adorei a leitura!
    É um livro bem leve e rápido mesmo, os personagens são cativantes e concordo com você: Bec merece um spin-off! Foi de longe a personagem que mais gostei. Hayden é uma fofura também!
    Eu acho que o mais legal da obra foi poder ver o amadurecimento de Gia bem aos nossos olhos. Ela se tornou uma pessoa muito melhor ao final da leitura. Concordo também que o final ficou um pouco a desejar. Algumas coisas poderiam ter se desenvolvido melhor.
    Ótima resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Oiee, tudo bom? Eu quero muito ler esse livro, mas estou esperando entrar no clima para uma leitura assim, mais despretensiosa. Sua resenha ficou ótima! Quero logo conhecer essa trama. Acho que até agora não ouvi ninguém falar mal do livro. E essa capa é tãaao bonita!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Oiee ^^
    Quando vi esse livro pela primeira vez, não imaginei que ele era assim tão bom. Tenho visto tanta coisa boa sobre ele que minha curiosidade está à mil. Imaginava que seria uma história fútil, superficial, sabe? Que felicidade a minha quando vi que estava errada! Mas é uma pena que hajam pontas soltas na história, e que a família da Gia seja tão fria assim :/
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Olá,
    Assim como você, desde que vi a capa do livro sem nem ao menos ler a sinopse, já desejei lê-lo. Ainda não comprei o livro, mas está na minha lista. Concordo que a Gia parece ser fútil, mas adorei saber que ao longo das páginas ela amadurece. Adorei a resenha!
    Beijos.
    http://www.virandoamor.com/

    ResponderExcluir
  16. Oi linda tudo bem? Eu confesso que a única coisa que chama minha atenção nesse livro é a capa que acho linda por suas cores. Mas eu não gosto do enredo e achei o tema bem clichê. Além de discordar totalmente de Gia de arrumar um namorado de aluguel para impressionar as amigas e fazer com que elas pensem que ela não estava mentindo. Acho que seria vem.mais legal ela ter dito a verdade para as amigas, mesmo essas pensando que o namorado de fato não exisitia. Aliás que tipo de amizade é essa?
    Sei lá, talvez o fato de eu não gostar de romances contribua para o meu desagrado perante a história.
    Fica para uma próxima dica.
    Bj

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bem?
    Eu também sempre olho capa sem olhar sinopse, muitas vezes acabo me decepcionando, mas faz parte não é haha. A Capa desse livro me chamou muito a atenção e foi a primeira resenha que eu li sobre ele, já vi outros blogs postando sobre, porém nunca cheguei a ler a resenha porque não me interessava muito, dica anotada, já está na listinha de livro para 2016!
    Beijos,

    garotareading.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Essa capa conquista a gente logo de cara mesmo, é linda demais! Ainda não tive a oportunidade de ler, mas mesmo que não seja uma história original o fato de ser bem trabalhada me anima a conhecê-la. Que bom que curtiu mesmo com as pontas soltas que ficaram no final, acho que isso vai me incomodar, mas acho que também vou acabar gostando. Estou sempre precisando de leituras rápidas, leves e divertidas como essa para revezar com livros mais pesados.

    beijo.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  19. Oi Aline,
    eu também amei esse livro e essa também foi minha primeira experiência com a escrita da autora e assim como você já quero ler mais livros dela, até já comprei outros dois títulos publicados aqui no Brasil. Quanto ao final escancarado, até agora não me conformo, mas mesmo se soubesse que terminaria como terminou, teria lido, porque com certeza vale a leitura.

    Abçs
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
  20. Oie!!!
    Comprei o livro semana passada e estou esperando ele chegar. Estou bem curiosa para lê-lo, gosto de livros rápidos e fofos para ler entre livros mais densos e fortes. Tenho certeza que irei adorar a leitura, principalmente porque tive uma boa experiência com a escrita da autora ;)
    Bjs

    ResponderExcluir
  21. Oi Aline, tudo bem?
    Eu morro de vontade de ler esse livro, ainda mais por ter uma leitura divertida e cativante, além de ser um romance fofinho. Adorei a sua resenha e me senti mais curiosa ainda com o livro. Com toda certeza irei dar uma chance a ele muito em breve. Ótima resenha!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  22. Oie! Tudo bem?
    Acredito que irei amar esse livro. Gosto muito de romances desse tipo bem clichê e adolescente. A cada resenha que leio eu fico mais curiosa em relação à obra. Fiquei um pouco chateada quando você disse que ele deixa algumas pontas soltas, mas mesmo assim estou louca para lê-lo.

    Beijinhos da Mady.

    ResponderExcluir