19 de fevereiro de 2016

Resenha: O visconde que me amava


Ano: 2013
Número de páginas: 288
Editora: Arqueiro
Sinopse: A temporada de bailes e festa de 1814 acaba de começar em Londres. Como de costume, as mães ambiciosas já estão ávidas por encontrar um marido adequado para suas filhas. Ao que tudo indica, o solteiro mais cobiçado ano será... Anthony Bridgerton, um visconde charmoso, elegante e muito rico que, contrariando as probabilidades, resolve dar um basta na rotina de libertino e arranjar uma noiva.



Logo ele decide que Edwina Sheffield, a debutante mais linda da estação, é a candidata ideal. Mas, para levá-la ao altar, primeiro terá que convencer Kate, a irmã mais velha da jovem, de que merece se casar com ela.

Não será uma tarefa fácil, porque Kate não acredita que ex-libertinos possam se transformar em bons maridos e não deixará Edwina cair nas garras dele.

Resenha: O livro dois da coleção Os Bridgertons conta do filho mais velho dos oito irmãos, seguindo a ordem alfabética: Anthony. Sem dúvidas, o homem mais cobiçado de toda Londres. De uma hora para a outra, e também devido a um trauma que o atormenta desde a morte de Edmund Bridgerton, seu pai, ele decidiu que estava na hora de casar, pois estava ficando "velho" demais.

"Ao se aproximar dos 30 anos, percebera que passava cada vez mais tempo dedicando-se à herança e à família, e cada vez menos em busca de prazer. E gostava disso. Ainda mantinha uma amante, mas nunca mais de uma por vez, e descobriria que não sentia necessidade de entrar em todas as corridas de cavalos ou de ficar até tarde em  uma festa apenas para ganhar a última mão de cartas."


Ao indagar dois dos irmãos mais velhos, Benedict e Colin, Anthony descobriu que a mulher ideal para casar seria Edwina Sheffield, uma moça loira de olhos azuis que estava na fila para casar. Pelo o que Colin deixou claro, Edwina não era como as outras mulheres, uma porta, ela era uma verdadeira erudita. Porém, não lhe passara pela cabeça que eruditos se interessam por eruditos, e ele não era um tipo completo de erudito, na verdade, era agitado demais para conseguir parar para ler.

Em uma das inúmeras festas oferecidas pelos nobres londrinos, Anthony enfim conheceu Edwina e soube que ela seria a mulher certa: uma boa mãe, uma boa esposa, uma boa ouvinte, tinha certeza de que não se apaixonaria por ela. Mas as coisas não seriam tão fáceis. Edwina havia deixado claro que só aceitaria um pedido de casamento se sua irmã mais velha, Kate Sheffield, aprovasse. Colin, o verdadeiro cupido da história, fez com que o irmão e Kate dançassem, e foi então que as disputas verbais tiveram início.  

"As três Sheffields sabiam que quem agarraria um nobre e sua fortuna seria Edwina. Seria a mais nova quem garantiria que a família não passaria o resto da vida em pobreza refinada. Edwina era bela, ao passo que Kate era... Kate era Kate."


Kate não aceitou Anthony como marido de sua irmã de jeito algum e estava disposta a fazê-la ficar o mais longe possível do visconde. Mas, como se tudo não pudesse piorar para Kate, Violet Bridgerton, a mãe dos oito filhos, decidiu convidar a família Sheffield para uma temporada na casa de campo dos Bridgertons. Logo no primeiro dia, a tentativa de manter Edwina longe do visconde, evaporaram. Kate e a irmã foram convidadas para jogar Pall Mall com Daphne, Simon, Colin e Anthony, sendo que o último foi convidar a mais nova das Sheffields pessoalmente, só para irritar um pouco mais Kate.

É neste mesmo lugar que as opiniões de Kate mudaram em relação a Anthony, percebendo que ele não era um patife completo; assim como as deles suavizaram-se sobre ela ao descobrir que atrás de todo aquele comportamento nada delicado, havia traços perfeitos, uma alma pura e vulnerável.

O visconde que me amava teve o casal mais bonito do meu 2015 literário e só não é meu favorito da coleção porque sou completamente apaixonada pelo livro 4, Os segredos de Colin Bridgerton, e pelo Colin, é claro!

21 comentários:

  1. Oiii
    Eu achei puro amorzinho este livro e quero tanto ler a bastante ler <3 estou querendo comprar também e ter na minha estante, acho incrível.
    Beijão

    ResponderExcluir
  2. Olá, estou doida pra começar a ler essa série, só vejo ótimas críticas. Adorei a resenha ;)

    Beijokas da Quel ¬¬
    Literaleitura

    ResponderExcluir
  3. Olá!

    Não curto romances de época, mas achei uma graça essa premissa. Tomara que você consiga ler os demais livros da série!

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os livros da Julia Quinn são bem modernos, apesar de se passarem no século XIX, eu pelo menos gosto muito... espero que tb curta!

      Excluir
  4. Oi. Já conheço bem o enredo do livro, apesar de não ser meu estilo de leitura para o momento, não duvido que a edição da Arqueiro seja maravilhosa, pois li dois de época da editora e fiquei encantada com a forma como as temáticas são trabalhadas.

    ResponderExcluir
  5. Olá , estou babando nesses livros . Estou vendo uma resenha melhor que a outra e meu desejo por esses livros cada dia aumenta mais e mais ♥

    ResponderExcluir
  6. Não gosto de romance de época e esse que tem uma série extensa em tão ( até o momento são sete livros isso?) eu prefiro nem tentar dar uma chance para a leitura.
    Fica para uma próxima dica.
    Bj
    Camila Bernardini Coelho

    ResponderExcluir
  7. Oie
    sempre vejo muitas resenha de romances desse gênero mas realmente não tenho vontade de ler, mesmo assim, boa dica para quem curte

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. ué, e ela não poderia ser perfeita sendo apenas uma mulher forte e não delicada? O.o
    Acho que nem toda mulher precisa se comportar de uma maneira apenas para serem perfeitas... enfim...

    não curti essa premissa, não li os demais livros da série, e acredito que ficaria completamente perdida no enredo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se interpretar a ironia verá que sim, podem...
      uma pena, está perdendo uma leitura INCRÍVEL

      Excluir
  9. Oii
    Vejo muita gente que ama o gênero real inclusive falam muito bem, mas não me chama nenhum pouco atenção, talvez porque eu não sei uma chance ainda kkk
    Beijoos!❤
    Www.estantemineira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. AHHHHH Que lindo!!!
    Eu amo essa série e a sua resenha está perfeita!!!
    O meu preferido é o livro do Colin, quero ver a sua opinião sobre ele haha

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  11. Oi! Vejo tantas boas indicações dos livros de Julia Quinn que dá até um pouco de vontade de conferir... Mas passei recentemente por uma leitura de romance de época que não foi lá muito legal, então estou fugindo um pouquinho... Sei texto está muito bem feito!
    Até + ver! Nu.
    As 1001 Nuccias | Curtiu?

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Esse é meu livro favorito até o momento, eu me apaixonei pelo Visconde e sue jeito um pouco arrogante de ser! Mas esses dois são ótimos e lindos juntos. Preciso ler os próximos!

    Beijos
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br//

    ResponderExcluir
  13. Olá,

    ultimamente tenho visto boas recomendações para os livros da Julia Quinn, aliás dessa série de livros. Achei sua resenha muito bacana, mas não pretendo ler essa série, é muito grande e o gênero não é dos meus favoritos. www.sagaliteraria.com.br

    ResponderExcluir
  14. oi, normalmente, não curto muito romances de época. Esse é um dos fatos por nunca ter um na minha estante. A história é interessante, mas não me convence a lê-lo. :)

    HTTP;//PORREDELIVROS.BLOGSPOT.COM

    ResponderExcluir
  15. Hello!

    Amo romances de época e comecei a gostar foi justamente com a Julia Quinn.
    Amooo o Anthony e gostei demais de ler sobre ele e a Kate, demorou pra acontecer, mas eles ficam juntos foi tao lindo!
    Acabaram-se as brigas e aquela doideira dele achar que ia morrer cedo.
    Recomendo tb os livros e o Colin tem dona hahaha
    Beijos!

    Livros e Sushi • Facebook InstagramTwitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkk são todos incríveis! Eu comecei há anos, foi meu primeiro estilo literário, mas agora que encontrei a Julia está sendo o me favorito!

      Excluir
  16. Adorei a resenha e me deixou mais curioso em relação á esta série da Julia, quero conhecer esse casal bem diferente um do outro, adorei! ><

    Abraços & até!!

    lendoferozmente.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Oi Isa,
    Estou louca por essa série, ela esta toda no meu kindle e não vejo a hora de começar a ler!!

    Beijokas

    Paraíso das Ideias

    ResponderExcluir