Light Grey Pointer Uma vida Literária : Livros que quero ler ainda esse ano...

10 de maio de 2017

Livros que quero ler ainda esse ano...

Oi pessoal, tudo bem?
Estamos ainda em março e a minha lista de leituras já deu aquela embolada, o que antes era apenas uma lista de 50 livros para ler, praticamente dobrou de quantidade. E sabe aquela promessa de não participar de nenhum desafio esse ano? Pois é, foi por água a baixo. Mas até que eu estou indo relativamente bem, já consegui cumprir alguns desafios propostos e o meu ritmo de leitura está bem satisfatório. Contudo, algumas metas que me propus cumprir esse ano, já se mostraram um verdadeiro fiasco. Mas como dizia minha mãe, o segredo é não desanimar.
E como eu adoro criar metas, que nem sempre consigo cumprir, no post de hoje eu trouxe para vocês uma listinha de 4 livros que pretendo ler ainda esse semestre. Agora sem enrolação, vamos conhecer os livros escolhidos?

Juntando os Pedaços

Jack tem prosopagnosia, uma doença que o impede de reconhecer o rosto das pessoas. Quando ele olha para alguém, vê os olhos, o nariz, a boca… mas não consegue juntar todas as peças do quebra-cabeça para gravar na memória. Então ele usa marcas identificadoras, como o cabelo, a cor da pele, o jeito de andar e de se vestir, para tentar distinguir seus amigos e familiares. Mas ninguém sabe disso — até o dia em que ele encontra a Libby. Libby é nova na escola. Ela passou os últimos anos em casa, juntando os pedaços do seu coração depois da morte de sua mãe. A garota finalmente se sente pronta para voltar à vida normal, mas logo nos primeiros dias de aula é alvo de uma brincadeira cruel por causa de seu peso e vai parar na diretoria. Junto com Jack. Aos poucos essa dupla improvável se aproxima e, juntos, eles aprendem a enxergar um ao outro como ninguém antes tinha feito.





Toda Luz que Não Podemos Ver

Marie-Laure vive em Paris, perto do Museu de História Natural, onde seu pai é o chaveiro responsável por cuidar de milhares de fechaduras. Quando a menina fica cega, aos seis anos, o pai constrói uma maquete em miniatura do bairro onde moram para que ela seja capaz de memorizar os caminhos. Na ocupação nazista em Paris, pai e filha fogem para a cidade de Saint-Malo e levam consigo o que talvez seja o mais valioso tesouro do museu.
Em uma região de minas na Alemanha, o órfão Werner cresce com a irmã mais nova, encantado pelo rádio que certo dia encontram em uma pilha de lixo. Com a prática, acaba se tornando especialista no aparelho, talento que lhe vale uma vaga em uma escola nazista e, logo depois, uma missão especial: descobrir a fonte das transmissões de rádio responsáveis pela chegada dos Aliados na Normandia. Cada vez mais consciente dos custos humanos de seu trabalho, o rapaz é enviado então para Saint-Malo, onde seu caminho cruza o de Marie-Laure, enquanto ambos tentam sobreviver à Segunda Guerra Mundial.
Uma história arrebatadora contada de forma fascinante. Com incrível habilidade para combinar lirismo e uma observação atenta dos horrores da guerra, o premiado autor Anthony Doerr constrói, em Toda luz que não podemos ver, um tocante romance sobre o que há além do mundo visível.

The Beauty of Darkness

A trilogia Crônicas de Amor e Ódio chega ao fim de maneira arrasadora. A história de Lia inspirou muitos leitores a embarcarem em uma jornada extraordinária repleta de ação, romance, mistérios e autoconhecimento, em um universo deslumbrante criado pela premiada escritora Mary E. Pearson, onde o poder feminino é a força motriz capaz de mudar e fazer toda a diferença no novo mundo em construção.
Lia sobreviveu a Venda, mas não foi a única. Um grande mal pretende destruir o reino de Morrighan, e somente ela pode impedi-lo. Com a guerra no horizonte, Lia não tem escolha a não ser assumir seu papel de Primeira Filha, como uma verdadeira guerreira — e líder. 
Enquanto luta para chegar a Morrighan a tempo de salvar seu povo, ela precisa cuidar do seu coração e seus sentimentos conflituosos em relação a Rafe e as suspeitas contra Kaden, que a tem perseguido. Nesta conclusão de tirar o fôlego, os traidores devem ser aniquilados, sacrifícios precisam ser feitos e conflitos que pareciam insolúveis terão que ser superados enquanto o futuro de todos os reinos está por um fio e nas mãos dessa determinada e inigualável mulher.

A Lua de Mel

Ao se dar conta de que o namorado nunca vai pedir sua mão em casamento, Lottie toma uma decisão. Termina o compromisso com ele e diz o tão sonhado sim a Ben, uma antiga paixão, com quem ela havia prometido se casar se ambos ainda estivessem solteiros aos 30 anos. Os dois então resolvem pular o namoro e ir direto para uma cerimônia simples e seguir para a lua de mel em Ikonos, a ilha grega onde eles se conheceram. Mas Fliss, a irmã mais velha da noiva, acha que Lottie enlouqueceu. Já Lorcan, que trabalha na empresa de Ben, teme que o casamento destrua a carreira do amigo. Fliss e Lorcan então elaboram um plano para sabotar a noite de núpcias do casal e impedir que os noivos cometam o maior erro de suas vidas. 

10 comentários:

  1. Tá mega difícil cumprir metas esse ano pra mim tbm! Adorei as escolhas, ficou bem diversificado!!

    ResponderExcluir
  2. Olá Aline,
    Esta difícil tenta ler mais de 50 livros, kkkk..apenas eu tenho uma lista tão enorme que as vezes me deixa maluqinha.. Amei os seus livros, quero muito ler "Juntados os Pedaços" e "The Beauty of Darkness", são os unicos de tantos outros que quero ler esse ano, se eu conseguir né!

    ResponderExcluir
  3. Quero muito ler The Beauty of Darkeness. Mas ainda não li o segundo!
    E os livros da Shopie quero ler todos. Parecem ser muito fofos e divertidos!
    Amo chick-lits!

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    De todos os livros que você citou, o único que não conheço é Lua de Mel, o restante eu morro de vontade de ler. Eu te entendo sobre essa questão de não conseguir seguir as metas, eu não faço justamente por causa disso, eu NUNCA cumpro com nenhuma hahahaha, é extremamente difícil eu conseguir cumprir com todas, também é um motivo para eu não entrar em desafios, entrei em um e por incrível que pareça eu estou cumprindo, não sei como hahaha.
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
  5. Oi Aline!
    Também sou desses que criam várias metas, mas quase nunca cumpro alguma delas rsrs A premissa de Juntando os Pedaços me instigou para ler o livro, nunca tinha ouvido falar dessa doença, muito menos visto algum autor tratar da mesma em suas obras. A Jennifer Niven sempre aborda temas importantes, e eu gosto disso. Toda Luz que Não Podemos Ver é um livro premiadíssimo, além de também possuir uma trama muito interessante, o que me deixa com ainda mais vontade de lê-lo. PRECISO ler Crônicas de Amor e Ódio, a trilogia já foi toda lançada aqui no Brasil e eu só enrolando huahauh
    Abraços :*

    ResponderExcluir
  6. Eu quero muito ler Juntando os Pedaços, mas tive dificuldades (e ainda não acabei de ler) com o outro livro da autora. Sobre Toda Luz, TAMBÉM QUERO MUITO, porque parece ser meio vou morrer desidratado e vou refletir a vida, adoro. A capa é linda né, as duas. EU AINDA NEM LI THE KISS OF DECEPTION, desapontamento em pessoa eu, mas minha amiga manda eu ler toda hora quero também. E EU TE ENTENDO MIGA, minha lista de leituras tá tão grande que se for enfilerada lado a lado, da a volta ao mundo umas oitenta vezes ASHASSAHASASUAS BEIJOS

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Gostei muito da lista de livros, de todos só li The Beauty of Darkness que adorei e quando acabou queria mais, e também pretendo ler Juntando os Pedaços que vi muitos comentários positivos sobre essa historia e A Lua de Mel pois estou doida para finalmente ler algo da autora !!

    ResponderExcluir
  8. Minha lista também está sempre crescendo, acaba sendo inevitável com tantos autores incríveis por aí.
    Já li, e amei, Toda luz que não podemos ver. Super indico.
    E Juntando os pedaços também está na minha lista, quero muuuuuuito ler.
    Mas os que eu mais desejo ler ainda este são: A garota italiana, A árvore dos anjos (Completamente apaixonada por Lucinda Riley <3), As cores da vida e Dois a dois.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  9. Esse ano minha meta mais importante é ler a coleção de Desventuras em Série, quanto aos que você escolheu, achei Toda Luz Que Não Podemos Ver muito interessante e The Beauty of Darkness também, apesar de ainda não ter lido nenhum livro da trilogia, é um que quero muito ler.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Eu já nem faço metas pq sempre me sinto frustrado, nunca consigo cumprir. Mas tenho minha listinha também, que cresce a cada dia. Dos livros da sua lista só conhecia o da trilogia Crônicas de amor e ódio. Juntando os pedaços parece ser incrível e o Toda a luz que não podemos ver simplesmente adorei e já estão na minha lista.

    *☆* Atraentemente *☆*

    ResponderExcluir