Light Grey Pointer Uma vida Literária : Resenha: Minha Vida Mora ao Lado

14 de setembro de 2016

Resenha: Minha Vida Mora ao Lado


Título: Minha Vida Mora ao Lado
Autora: Huntley Fitzpatrick
Editora: Valentina
Páginas: 320
Gênero: Young Adult
Sinopse: Os Garrett são tudo que os Reed não são. Barulhentos, caóticos e afetuosos. São de verdade. E, todos os dias, de seucantinho no telhado, Samantha sonha ser uma deles, ser família. Até que, numa noite de verão, Jase Garrett vai até lá e... Quanto mais os adolescentes se aproximam, mais real esse amor genuíno vai se tornando. Contudo, precisam aprender a lidar com as estranhezas e maravilhas do primeiro amor. A família de Jase acolhe Samantha, apesar dela ter que esconder o namorado da própria mãe.
Até que algo terrível acontece, o mundo de Samantha desmorona e ela é repentinamente forçada a tomar uma decisão quase impossível, porém definitiva. A qual família recorrer? Ou, quem sabe, Sam já é madura o bastante para assumir suas próprias escolhas? Será que está pronta para abraçar a vida e encarar desafios?
Quem você estaria disposto a sacrificar pela coisa certa a se fazer? O que estaria disposta a sacrificar pela verdade?



Resenha:

"Minha mãe nunca ficou sabendo de uma coisa, algo que ela reprovaria radicalmente: eu observava os Garrett. O tempo todo.”

Samantha Reed ainda era criança quando os Garrett se mudaram para a casa ao lado. Para sua mãe eles eram tudo de ruim que uma família poderia representar: barulhentos, numerosos, com brinquedos espalhados pelo quintal, afetuosos. Então desde o inicio fica subentendido que ela e sua irmã não deveriam se relacionar com os novos vizinhos.
Porém isso nunca foi o suficiente para Samantha deixasse de admirar os Garrett através do telhado ao lado da janela de seu quarto, e foi assim que ela observou eles se multiplicarem ao longo dos anos e crescerem em meio a muito barulho e também muito amor. Quando conhece Jase Garrett ela é rapidamente sugada para dentro dessa família, e conforme o tempo vai passando a atração entre os dois fica cada vez mais forte, mas algo sério acontece e Sam terá que decidir entre fazer o correto e magoar alguém que ama muito, ou simplesmente fechar os olhos diante de algo que esta claramente a destruindo por dentro.
O livro por boa parte gira em torno do romance entre Sam e Jase e seus dramas adolescentes, mas engana-se quem pensa que por esse fato a leitura é cansativa, na verdade a autora soube aproveitar muito bem essa parte do enredo e lança vários assuntos relativamente importantes, como droga, conflitos entre amigas, família, e assim por diante.
Samantha é uma personagem bastante comum, daquelas que você facilmente encontra no seu dia a dia, então não foi difícil imaginá-la, um ponto bastante positivo em relação a ela, é que mesmo rica e filha de uma senadora, Sam não se comporta como “abelha-rainha” que fica o tempo inteiro ditando regras, muito pelo contrário, em alguns momentos ela não parece se dar conta que sua questão financeira acaba a beneficiando tanto diante da sociedade.

"– Você vai se casar com o jase?
Engasgo e começo a tossir de novo.
– É… Não. Não, George. Só tenho dezessete anos. – Como se essa fosse a única razão para não estarmos noivos."

Jase é um daqueles personagens completos, diferentemente dos personagens masculinos apresentados na maioria dos YA, que você termina o livro com a sensação de não saber nada sobre ele, Jace é um personagem encantador, e a cada página você entra mais em sua vida e acaba se encantando ainda mais.
Eu não posso deixar de dar um destaque especial a família Garrett que são os que realmente roubam a cena no livro, enquanto o leitor só conhece a família de Sam superficialmente, a família de Jase é apresentada por completo e no decorrer da trama você é capaz de conhecer cada uma das peculiaridades de cada membro dessa família arrebatadora.
Eu não vou bancar a hipócrita dizendo que o livro atingiu todas as minhas expectativas, na verdade isso ficou bem distante de acontecer. A idéia central do livro é bem interessante, mas infelizmente senti que a autora ficou girando em torno de dramasadolescentes e família por boa parte do livro, e quando ela finalmente aborda o drama principal, falta apenas algumas paginas para o fim, e eu senti falta de emoção e até mesmo daquele impacto que a sinopse promete, a atitude da personagem Samantha diante desse drama foi outra coisa que me incomodou, pois a autora passou tanto tempo deixando evidente que a personagem tinha uma índole intacta que ela tomaria decisão correta independente de quem magoaria no caminho, que quando não foi exatamente isso que aconteceu eu fiquei bastante decepcionada.
A escrita é fluida, e a história avança em um ritmo gostoso do inicio ao fim, nos permitindo uma leitura rápida. Você realmente consegue imaginar todos os personagens, até mesmo a família de Samantha que é apresentada de forma superficial.
Quanto ao final do livro, não consigo encontrar palavras para dizer o quanto me senti decepcionada, não que tenha acontecido algo que tenha de fato me desagradado em relação aos personagens, mas são tantas pontas soltas, tantas questões mal resolvidas, alguns personagens ficaram simplesmente sem um final aparente, tanto que após terminar a leitura eu fiz uma pesquisa para saber se o livro teria uma continuação, e não tem. Então só me resta a decepção quanto ao fim de uma história que vinha caminhando num ritmo gostoso e satisfatório.
Apesar do livro não ter atingido todas as minhas expectativas, não posso deixar de recomendá-lo, principalmente para os amantes de Young Adult.

“Você está andando por um caminho, impressionado com a perfeição dele, com o fato de você se sentir incrível e, algumas esquinas depois, se perde num lugar pior do que qualquer coisa que poderia ter imaginado.”

27 comentários:

  1. Olá, eu adorei poder ler seus comentários a respeito. Amo YA e gostei quando li esse livro, apesar de ter esperado algo mais. Sua resenha reflete bem em minhas próprias impressões, especialmente do final. Me senti decepcionada :(
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bom?
    Não curto muito YA, então, por aí, já não me chama a atenção a leitura. Não curti muito a premissa, achei meio clichê, e saber que o tema central do livro só é abordada no livro, de forma rápida me desanimou ainda mais. Mas, que bom que ainda assim o livro teve pontos positivos como a narrativa fluida e a família Garrett! Parabéns pela resenha e honestidade.

    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  3. Oi,

    Sempre tive curiosidade a respeito desse livro, mas eu nunca fui atrás haha eu to meio cansada de Young Adults, então não leria agora, mas é aquele tipo de livro que a gente lê quando ganha haha de qualquer forma, é uma pena que o livro te decepcionou um pouco. Eu também não gosto de muitas pontas soltas e coisas mal resolvidas, então te entendo totalmente.

    Beijosss ♡

    ResponderExcluir
  4. Eu estou bem curiosa com o livro mas tenho adiado a leitura por achar um pouco adolescente demais, nada contra, eu até gosto de leituras assim, mas acho que esse livro acaba ficando muito adolescente, sei lá. O enredo é bem atraente e eu até acho que vou curtir muito a leitura, mas em outro momento, se eu for ler agora é capaz de não gostar, então prefiro esperar um pouco para apreciar a leitura. Gosto da capa, goste de ver a sua resenha e de saber um pouco mais sobre a história.

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    A premissa do livro é bastante interessante e fiquei curiosa para saber o que acontece com Sam e se ela irá recorrer para alguma das famílias ou arcar com as consequências sozinha.
    Fico triste por causa do final ter tantas pontas soltas e personagens sem um desfecho aparente. Poderia muito bem ser lançado um segundo volume então. Por isso desisti da leitura.

    https://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Que pena que o livro não atingiu suas expectativas, tenho uma amiga que é apaixonada por ele e vive tentando me convencer a ler. Mas agora acho que ela perdeu as chances de conseguir, porque apesar de ter me interessado pelo enredo, simplesmente odeio pontas soltas, personagens sem final aparente para mim é algo inaceitável e que me deixa extremamente frustrada, então desisti completamente da leitura.

    ResponderExcluir
  7. Oie!
    O livro parece ser bom, a ideia central e tudo mais, mas que pena que não atingiu o que você esperava, mas acho que ficar só no drama deixa a história um pouco chata e pontas soltas não são legais, você fica com cara de "falta algo" e essa sensação é muito ruim.
    Beijos, Lari.
    Segredosdeumacerejeira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oie. Amo yas e esse livro está em minha listinha a um bom tempo, tanto que fiquei muito feliz em ver a sua opinião sobre o livro. Creio que a única coisa que me prende a não ler ele é a capa. Só eu que acho a capa confusa?

    ResponderExcluir
  9. Oi, gostei bastante de sua resenha. Você comentou pontos bem especificos que, para mim, são bastante importantes. Eu, sinceramente, não leria o livro, não vi nada de diferente, mas quando li sua resenha tive a certeza disso. Acho que essa dica deixo pra próxima. :/ Parabéns pela resenha. Gostei bastante.

    http://porredelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem? Nossa é muito ruim quando criamos uma expectativa com o livro e ao chegar ao final dele nos decepcionados com o desfecho. O enredo do livro não me atraiu no momento é com os apontamentos que você fez eu vou deixar a dica passar dessa vez.
    Bj

    ResponderExcluir
  11. Olá!! :)

    Eu não conhecia o livro e confesso que não quero ler... ahah :) Parabenizo-te pela sinceridade que mostraste nesta resenha! :)

    Bem, e uma pena que não tenhas gostado assim tanto do livro e compreendo perfeitamente... Também não gosto quando os autores se perdem na historia e o drama principal fica para o fim a correr! Mas ainda bem que pelo menos a escrita e fluida! :) ahah

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem?
    Eu estou muito ansiosa para conferir a leitura desse livro pois vi muitas resenhas positivas a respeito. É uma pena que a história não tenha suprido todas as suas expectativas e fico triste em saber que a autora deixa inúmeras pontas soltas e até mesmo personagens sem algum final. Ainda assim, quero ler o livro pois é de um dos gêneros que mais amo e para mim, quanto mais dramas adolescentes, melhor! haha
    Só fico triste por saber que o final não foi assim tão bom. Só conferindo para saber o que vou achar, né?

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  13. Oi,
    Eu li esse livro e amei. Para mim foi bem surpreendente, claro que o final poderia ter um algo mais. Porém achei bem apropriado. Não sei se os personagens sem final são quem eu estou pensando, mas tem um livro que a autora fez sobre alguns personagem que estão nesse livro. Não é ainda o que lançou agora, mas espero que a Valentina publique por aqui.
    Acho que a autora tem uma escrita que dependendo do leitor transmite sentimentos bem diferente, você não curtiu tanto esse livro, já eu amei. Porém o Pensei Que Fosse Verdade, já não me agradou tanto e uma galera curtiu. rsrsrs

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Esse livro estava na minha lista, mas acabei tirando, parece o tipo de história que eu teria aproveitado melhor em outra época da minha vida e não parece que vai me acrescentar muito. Gostei de saber que a protagonista é uma personagem bem real, sua resenha ficou bem legal.
    Beijos, Luana

    ResponderExcluir
  15. Oi!
    Adoro livros do gênero YA, mas esse eu não conhecia.
    Gosto dos temas que esse estilo traz e como eles tratam, se forem bem escrito.
    Esse até parece ser interessante, mas como não supriu suas expectativas e o final você achou meio fraco, talvez quando eu ler (se eu ler um dia, rsrs) eu vá não esperando muito. Para não me decepcionar tanto quanto você.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Olá, esse livro está na minha lista a um tempo e nunca tinha lido nenhuma resenha sobre ele, então adorei você ter trazido sua opnião, confesso que perdi um pouquinho a vontade de ler pois ele estava nas minhas prioridades para leitura, mas ainda a farei, só não agora, beijos

    ResponderExcluir
  17. Olá...
    Esse livro está nos meus desejados desde o seu lançamento, porém, fiquei bastante decepcionada com suas ressalvas a respeito do final, pois, detesto encontrar pontas soltas no livro, chega a ser frustante!
    Apesar de você ter mostrado pontos positivos da obra, acho que não lerei mais pelo fato do final insatisfatório.
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Oi! Como está?
    Achei bastante interessante a proposta do livro, mas pelo que li na tua resenha, a execução, embora fluida, não parece ter tido um resultado final tão satisfatório quanto poderia. Razão pela qual deixarei passar a dica, pelo menos por agora. Porque pretendo ler para tirar minhas próprias conclusões, mas bem futuramente.
    Abraços e beijos da Lady Trotsky.
    http://rillismo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Olá!
    A história parece ser boa, mas com alguns pontos negativos. É difícil sentir que gostou, mas que não atingiu as suas expectativas. Eu gostei da história abordada e fiquei curiosa para saber que direção e personagem vai ir.
    Adorei a sua resenha.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  20. OI!!

    Tudo bem?

    Ainda não li esse livro, mas você foi a única a dizer que ele não atendeu as suas expectativas, a maioria fazem vários floreios. Entretanto, compreendi o que quis dizer, não é ruim, mas também não é tudo que dizem. Os Garrett realmente parecem conquistar o leitor, parece ser uma família tipica e muito parecida com a minha: bagunçada, desorganizada, faltantes e claro, amorosos. Beijos e muito obrigada pela dica

    ResponderExcluir
  21. Olá!!
    Faz um tempinho que conheço esse livro mas até então ainda não tinha me interessado pela leitura,e também não tinha visto nenhuma resenha sobre ele,a sua é a primeira.
    Acho que por não me interessa muito pelo gênero drama que não dei tanta importância pra ele,mas agora me bateu aquela curiosidadezinha pra saber o que acontece com a Samantha e que escolha ela vai ter que tomar. Mas me desanimei um pouco ao saber que existe algumas pontas soltas na estória,mas será que não vem uma continuação por aí? :)

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2016/09/resenha-pecados-no-inverno-lisa-kleypas.html

    ResponderExcluir
  22. Olá amore,
    Adorei seus comentários sobre o livro, adorooo YA e esse com certeza é um que eu leria fácil, fácil.
    Uma pena ter se decepcionado no final.

    Beijokas
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  23. Oii,
    EU AMO YA!!! Eu já li umas resenhas desse livro e ele já esta na minha lista de desejados no skoob. A historia me interessa bastante e a capa é linda!! Que sad você não ter gostado do final :/

    Abraços!
    http://lendocomobiel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Olá Aline,
    Já ouvi falar muitas vezes desse livro e acho que a sua resenha é a primeira que leio e fiquei bem desanimada em relação a leitura, pois a autora pareceu se perder demais no decorrer na trama. Gostei de saber que o Jase é um personagem encantador e diferente. Acho que a construção dele foi bem feita.
    Vou deixar a dica anotada, mas não sei quando vou ler.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  25. Oi, tudo bem?

    Olha, eu conheci esse livro logo em seu lançamento, até porque teve evento aqui na minha cidade para lançar ele. Infelizmente não tive a oportunidade de ler ainda, o que me deixa triste, pois acho essa trama muito interessante mesmo. Adoro personagens assim como a Sam, que mesmo tenho bom poder aquisitivo, são humildes. Estou doida para ver o desenrolar dessa trama de perto.
    Obrigada por me lembrar desse livro incrível.

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9¾

    ResponderExcluir
  26. Oie tudo bem?
    Eu leio poucos YA não é um gênero que eu goste muito. Mesmo fazendo algumas leituras acabo me decepcionando em boa parte das leituras eu não conhecia a obra e foi muito bom conhecer a sua opinião sincera uma coisa que me incomoda bastante são os dramas desnecessários e nesse livro parece que o drama é o ponto central.
    Não me senti tentada a fazer a leitura aguardo a sua proxima dica.
    Bju
    Mary Reis

    ResponderExcluir
  27. Eita que desanimei um tatinho depois que li suas considerações finais sobre sua leitura. Só vinha lendo elogios e aí, pá, você vem com sua sinceridade e me deia com um pé atrás. Gosto do gênero, mas livros com finais mal resolvidos, personagens superficiais, enrolação, me deixam bem desanimada. Não sei se ainda o lerei, mas quando fizer, espero gostar mais que você.

    Parabéns pela sua sinceridade, é sempre bom ver os dois lados da moeda quanto a história de um livro.

    bjs

    ResponderExcluir