Light Grey Pointer Uma vida Literária : Resenha: Paixão Sem Limites

24 de agosto de 2016

Resenha: Paixão Sem Limites

Resultado de imagem para livro paixão sem limites Título: Paixão sem limites
Autora: Abbi Glines
Editora: Arqueiro
Paginas: 192
Classificação: 4/5
Sinopse: Blaire Wynn não teve uma adolescência normal. Ela passou os últimos três anos cuidando da mãe doente. Após a sua morte, Blaire foi obrigada a vender a casa da família no Alabama para arcar com as despesas médicas. Agora, aos 19 anos, está sozinha e sem lugar para ficar. Então não tem outra escolha senão pedir ajuda ao pai que as abandonara. Ao chegar a Rosemary, na Flórida, ela se depara com uma mansão à beira-mar e um mundo de luxo completamente diferente do seu. Para piorar, o pai viajou com a nova esposa para Paris, deixando Blaire ali sozinha com o filho dela, que não parece nada satisfeito com a chegada da irmã postiça. Rush Finlay é filho da madrasta de Blaire com um famoso astro do rock. Extremamente sexy, orgulha-se de levar várias garotas para a cama e dispensá-las no dia seguinte. Mas Rush guarda um segredo que Blaire não deve descobrir e que pode mudar para sempre as suas vidas.


Resenha: 
"Eu nunca fui de prometer nada. O que eu sabia sobre promessas era que elas se quebravam com facilidade". 
Eu sou apaixonada pela escrita da Abbi Glines, meu primeiro contato com as obras da autora foi através dos  livros  e The vincent Brothers, que para mim foi uma das melhores histórias da autora.

Eu já havia lido Paixão sem limites a alguns anos atrás, então decide reler, confesso que novamente o livro me conquistou, apesar de ser aquele bom e velho clichê. 

Blaire é um menina mulher de 19 anos, que já teve sua vida abalada por diversas vezes, perdeu sua irmã em um acidente de carro, logo em seguida seu pai a abandonou no momento em que ela mais precisava dele.

"As despedidas não eram aquilo tudo que diziam. Isso agora eu sabia".

Sua mãe passa três anos lutando contra o câncer para enfim perder a batalha, e Blaire se ver obrigada a vender sua casa para pagar as despesas médicas que vinha se acumulando ao longo dos anos.

Ter que recorrer ao pai, não é algo que ela está feliz em fazer, pelo contrário ela está bem relutante em fazer, mas infelizmente ele é a única família que lhe resta, entretanto para sua decepção ao chegar em Rosemary, ela descobre que ele viajou com sua atual madrasta e a abandonou mais uma vez e que Rush seu enteado não está nem um pouco feliz em lhe ver ali. 

"Rush era um enigma que eu talvez jamais viesse a compreender".

Logo que chega ela conhece Grant e Nan, o que Grant tem de bondade Nan tem de antipatia, Rush acaba deixando ela ficar por um mês, tempo para que ela arrume um emprego e um lugar para morar. Mas para complicar ainda mais as coisa surge uma atração entre Rush e Blaire, e lutar contra ela será inútil.

Rush sabe que ele não deveria se envolver com a Blaire já que guarda um segredo que pode destruir não só tudo o que ela acreditou, como também destruir as frágeis estruturas do seu relacionamento. Mas quanto mais ele se afasta, maior seus sentimentos se tornam, o amor não é perfeito e ele é capaz e destruir, de machucar, e de mudar completamente a vida de uma pessoa. 

"Fique longe de mim, Blaire. Você não vai querer chegar muito perto... -Estou me esforçando ao máximo para ficar de longe de você".

Paixão sem limites, é tão clichê quanto parece. e eu amo, apesar de que em alguns momentos Rush me deu nos nervos, toda aquela relutância não deu em nada, acho que a autora deveria ter explorado mais os personagens, ela fez do Rush um personagem tão antipático que foi difícil me apegar a ele, sua escolha de palavras foi muito ruim, já não aguentava mais ler "molhada" e "apertada", isso não é sexy, pelo contrário é chato. 

"Será que minha vida seria sempre de perdas?'' 

Mas enfim no geral o livro foi bom, aqui temos uma narrativa em primeira pessoa, pelo ponto de vista da Blaire, conhecemos alguns personagens como Grant, Nan, Woods e Bethy, que também estarão contando sobre suas histórias em breve, a participação deles foi essencial e eu gostei de todos (P.S não da Nan).

Estou ansiosa para reler Tentação sem limites, esse livro promete, pelo que me lembro esse foi um dos melhores da série na minha minha opinião, por isso estou tão ansiosa por essa leitura.

"O amor não basta quando a nossa alma está em pedaços".

Nenhum comentário:

Postar um comentário