19 de agosto de 2016

Resenha: Meu Romeu

Título: Meu Romeu
Autora: Leisa Rayven
Editora: Globo Alt
Paginas: 407
Classificação: 4/5
Sinopse: Cassie está prestes a realizar o grande sonho: estrelar um espetáculo da Broadway. O que ela não esperava era ter que enfrentar o reencontro com o ex-namorado, que será novamente protagonista ao seu lado, em uma peça cheia de romance e cenas quentes. Trabalhar com Ethan traz o passado à tona, e lembra a Cassie que o que existe entre eles vai muito além de uma simples química.




Resenha:

“_Então, como seria isso, hein?_as palavras saem como ácido._Por favor, Holt, me diga. Afinal, era você quem tomava as decisões sobre nosso relacionamento. Como quer brincar desta vez? Amiguinhos? Parceiros de sexo? Inimigos? Ah, espera, já sei! Porque você não banca o merda que partiu meu coração e eu faço a mulher que não quer mais nada com você fora dessa sala de ensaios? Que tal?”

Confesso a vocês que quando li a resenha de Meu Romeu fiquei extremamente receosa e ao mesmo tempo super curiosa. Não é segredo para ninguém que romances New Adult dificilmente me agradam, então não pude esconder a imensa surpresa que foi quando me vi devorando pagina após pagina deste livro.
Cassie Taylor está prestes a realizar seu grande sonho, que é encenar uma peça de teatro na Broadway. Mas como nem tudo é perfeito nessa vida, ela terá que contracenar com ninguém menos que Ethan Holt. Os dois já foram namorados no passado, mas na época Holt foi um grande babaca, e a separação deixou marcas em Cassie que nem o tempo foi capaz de curar. Então quando Ethan aparece demonstrando ser capaz de tudo para reconquistá-la, tudo que Cassie quer é mantê-lo o mais distante possível.

“Ficamos lá por alguns segundos, apenas respirando, e, conforme trocamos olhares, o ar entre nós se solidifica. Conectando-nos como duas partes da mesma pessoa.”

Primeiramente preciso dizer que se você esta procurando um romance “água com açúcar”, esse não é o livro que te recomendo. Apesar de todo lado clichê que um romance NA carrega, Meu Romeu, mesmo sem fugir do óbvio, conseguiu ser um livro único para mim.
Como a história tem a narrativa alternada entre passado e o presente, a única coisa que sabemos inicialmente é que os doispersonagens tiveram um relacionamento de três anos entre idas e vindas, mas com o passar das paginas é possível descobrir o que de fato aconteceu a ponto de deixar tantas magoas pelo caminho.
Holt é o típico badboy de romances NA, ciumento e com problemas para se relacionar e dizer o que realmente sente, porém algo que me agradou bastante no personagem é que ele não traz aquele “machismo” comum em personagens de gênero, então posso dizer que foi agradável não ver Holt se comportando como dono da Cassie, e ao invés disso, ele tentando fazer dela em alguns momentos uma pessoa melhor.
Cassie apesar de ser insegura demais e em alguns momentos isso me irritar profundamente, ela também conseguiu trazer um humor bem bacana, em vários momentos eu me peguei rindo pela sua falta de filtro ao lado de Holt.

“_Amor à primeira vista é um mito inventado por autores de livros românticos e Hollywood. É baboseira.”

É claro que eu fiquei me matando de curiosidade para saber o que de fato Ethan fez para que Cassie se tornasse uma mulher tão “apagada” e ressentida, na verdade eu fiquei imaginando que tipo de furacão era Ethan Holt a ponto de deixar não só uma, mas duas mulheres, totalmente destruídas após o termino do relacionamento. E é claro que eu estava ainda mais curiosa para saber o que aconteceu com esse badboy, para que ele se transformasse em alguém tão fraco quando o assunto era sentimento. Eu não posso esconder que de certa forma a decepção foi grande, não que o motivo não seja relevante ou algo possível, é que para mim é difícil aceitar que uma pessoa seja capaz de se destruir tanto por alguém que não parece de fato se preocupar.
Apesar de ter amado a escrita de Leisa, não posso negar que em alguns momentos ela foge e muito de uma possível realidade, foi a primeira vez que vi um homem totalmente apaixonado e louco pela mulher negar fogo, principalmente alegando que se alguma coisa acontecesse entre eles, ela poderia sair muito machucada. Mas é claro que eu não poderia deixar de dar os parabéns pelo golpe de mestre que a autora deu quando mostrou que mesmo apaixonados, só o amor não seria capaz de mudá-los, eles precisavam de ajuda, foi gostoso ver que eles procuraram terapia para se tornarem pessoas melhores.
Enfim, eu gostei do livro, ele tem um ritmo gostoso capaz de te prender do inicio ao fim. E por mais que em alguns momentos ele pareça só mais um romance NA (mais do mesmo), ele ainda sim é uma leitura prazerosa e divertida. Ótimo para te tirar daquela ressaca braba.

“Não consigo acreditar que depois de tudo o que ele fez você ainda está completamente apaixonada por ele.”

7 comentários:

  1. Oie, muita gente me recomenda esse livro e vejo várias resenhas positivas sobre ele mas nunca o li, eu concordo demais com você sobre alguns pontos de livros de new adult, também não o curto demais tanto pelo grande teor erótico e pela carga machista que os personagens carregam e me enxe de agonia.
    mas talvez eu dê uma chance para "meu romeu", bjs

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Eu adoro NA! Então esse livro me chamou muito a atenção! Ainda mais por saber que esse o protagonista não é tão machista como de costume, achei que seria uma leitura interessante. Vou procurar saber mais.
    Beijos.
    https://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi, mesmo gostando da sua resenha, o livro não conseguiu me agradar, me cativar, pois a trama me lembra de outros livros do mesmo estilo, sendo mais do mesmo, por isso, não leria.
    bjus

    ResponderExcluir
  4. Sabe que eu vi resenhas elogiando demais o livro, depois li algumas que detonaram ele e não sabia mais o que pensar...
    Agora, ao ler a sua resenha meio que consegui perceber que o livro tem dois lados, que não é perfeito mas que tem seus momentos. E como eu super curto um NA acredito que vou gostar da leitura.
    Gostei dessa coisa de o amor não curar tudo e do casal procurar uma ajuda. Acho que o amor é algo que pode mudar uma pessoa, mas sozinho? Acho que não tem como fazer milagre...
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  5. Oiee ^^
    Finalmente um personagem masculino que não se comporta de forma machista, possessiva e obsessiva! No início eu nem ligava muito (principalmente com os Travis Maddoxes da vida), mas de uns tempos para cá tenho me estressado bastante com personagens assim. Fico feliz em saber que o Ethan não é assim. Esse é um livro que eu quero muito ler, quase o comprei na bienal, mas tinha certeza de que o preço online era menor...haha'
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  6. Eu adoro esse livro depois que terminei de ler e concordo com tudo que você disse. Tive eu relação de amor e ódio com o casal durante a leitura, e gostei da forma de narrativa da Lisa.

    ResponderExcluir
  7. Oii, tudo bem?
    Eu sempre vi muitas resenhas positivas desse livro. Eu confesso que sempre estive bem curiosa, pois sou apaixonada em New Adults, apesar de eu não ter lido muitos esse ano. Mas pode ter certeza que Meu Romeu está na lista, pois fiquei apaixonada na sua resenha e no modo como você desenvolveu os lados positivos e negativos.

    ResponderExcluir