19 de julho de 2016

Resenha: O Ar Que Ele Respira

Título: O AR QUE ELE RESPIRA
Autora: Brittainy C. Cherry
Editora: Record
Páginas: 308
Sinopse: Elisabeth está tentando seguir em frente. Depois da morte do marido e de ter passado um ano na casa da mãe, ela decide voltar a seu antigo lar e enfrentar as lembranças de seu casamento feliz com Steven. A dor da perda ainda a consome, as lágrimas ainda insistem em cair, mas ela encontra em Emma, sua filha de 5 anos, a força de que precisa para recomeçar.

Ao retornar à pequena Meadows Creek, Elizabeth chega à conclusão de que tudo, com exceção dela própria, continua igual: as fofocas, os velhos amigos, a estranha loja do Sr. Henson...

Ou melhor, quase tudo. Seu novo vizinho, Tristan Cole, é o cara mais falado da cidade, porém todos o evitam. Grosseiro, solitário, com olhar sempre agressivo e triste, ele parece fugir do passado. Com o tempo, Elizabeth descobre que, por trás do ser intratável, há um homem que foi devastado pela morte das pessoas que mais amava, e tenta se aproximar dele, mas Tristan faz de tudo para impedir que ela entre em sua vida. Em seu coração despedaçado, não há espaço para um novo começo. Ou há?



Resenha:

Quando vi a capa do livro me apaixonei e desejei começar a ler imediatamente. A imagem é profunda, atraente, misteriosa, retrata toda a essência da história com perfeição. Acho que nunca vi uma capa que combinasse tanto com um livro.

A história é perfeita, extraordinária, estou muito feliz por ter lido esse livro... Sabe aquele livro incrível que você fica na torcida para um dia virar filme?

No início da leitura achei que já sabia tudo o que aconteceria, e não estava muito contente com algumas expressões usadas pela melhor amiga da Elizabeth, Faye, que parecia ser super vulgar. Mas, felizmente me enganei e posso dizer que tudo, absolutamente tudo na história, tem um motivo, uma ligação e que a partir da metade do livro tudo vai se encaixando de forma perfeita.

Os personagens, que já são incríveis, vão amadurecendo e sendo construídos ao longo da trama, o que traz um sentido lindo para a história, porque vamos refletindo com o que vai acontecendo na vida de cada um, vamos repensando nossos conceitos e pré-conceitos. Muito emocionante.

Emocionante é o que define essa obra.
Elizabeth após perder o marido com quem tinha um lindo relacionamento vai com sua filhinha Emma para a casa da sua mãe. A sua mãe é uma mulher perdida, que nunca aceitou a morte do marido e busca consolo em muito homens.
Elizabeth volta para a casa em que viveu com seu marido após um ano e por obra de "Zeus" acaba conhecendo Tristan.

Tristan é um homem rude, ríspido, solitário e faz questão de permanecer desse jeito. Mas Elizabeth enxergou muito além daquela "casca grossa" temida pela cidade inteira, viu o homem atormentado através do seu olhar triste e sombrio. Aos poucos ela vai conseguindo penetrar na vida dele e descobre que ele perdeu a esposa que tanto amava e seu filho de 8 anos em um acidente.


"Fiquei observando os desenhos em seu corpo, incapaz de desviar o olhar. Eram muitos, nem consegui contá-los, mas tentei distinguir cada um deles. Conheço essas tatuagens. Eram clássicos infantis..."


Ambos sentem muita falta de seus companheiros e decidem usar o sexo para "reencontrá-los". Um usa o corpo do outro fingindo estar com seus esposos. Vou confessar que achei muito estranho no início, mas depois isso também se encaixa.
As cenas são intensas, afinal é um livro adulto, mas a história flui e não fica em torno disso. As cenas picantes são perfeitas e na medida certa.


"Devíamos ter parado naquela noite. Devíamos ter pensado que era horrível nos lembrar de Steven e Jamie dessa forma, usando um ao outro. Éramos como bombas-relógios, prestes a explodir."


Outra coisa que amei no livro foi o fato de terem capítulos narrados pelo Tristan e outros pela Elizabeth, assim consegui ver a história pelos olhos dos dois personagens, viver, sentir e pensar junto com eles.

Bom, até aqui era a parte óbvia do que aconteceria na história, mas o melhor começa acontecer a partir daqui e não vou estragar a surpresa contando spoilers.

A muito tempo não lia um livro tão bom, e recomendo dizendo que você não vai se arrepender.
Não conhecia essa autora, mas me encantei e vou buscar mais obras escritas por ela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário