Light Grey Pointer Uma vida Literária : Resenha: Para Sir Phillip, com amor

15 de junho de 2016

Resenha: Para Sir Phillip, com amor

Título: Para Sir Phillip, com amor
Autora: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Páginas: 343
Sinopse: Eloise Bridgerton é uma jovem simpática e extrovertida, cuja forma preferida de comunicação sempre foram as cartas, nas quais sua personalidade se torna mais cativante.
Quando uma prima distante morre, ela decide escrever para o viúvo e oferecer as condolências. Ao ser surpreendido por um gesto tão amável vindo de uma desconhecida, Sir Phillip resolve retribuir a atenção e responder.
Assim, os dois começam uma instigante troca de correspondências. Ele logo descobre que Eloise, além de uma solteirona que nunca encontrou o par perfeito, é uma confidente de rara inteligência. E ela fica sabendo que Sir Pillip é um cavalheiro honrado que quer encontrar uma esposa para ajudá-lo na criação de seus dois filhos órfãos.
Após alguns meses, uma das cartas traz uma proposta peculiar: o que Eloise acharia de passar uma temporada com Sir Phillip para os dois se conhecerem melhor e, caso se deem bem, pensarem em se casar? Ela aceita o convite, mas em pouco tempo eles se dão conta de que, ao vivo, não são bem como imaginaram. Ela é voluntariosa e não para de falar, e ele é temperamental e rude, com um comportamento bem diferente dos homens da alta sociedade londrina.
Apesar disso, nos raros momentos em que Eloise fecha a boca, Phillip só pensa em beijá-la. E cada vez que ele sorri, o resto do mundo desaparece e ela só quer se jogar em seus braços. Agora os dois precisam descobrir se, mesmo com todas as suas imperfeições, foram feitos um para o outro.

*essa resenha contém spoilers dos livros anteriores


Resenha:


"Ele teria parado se ela respondesse que não, mas não lhe deu muita chance disso, porque antes que ela pudesse falar qualquer coisa, diminuiu a distância entre os dois."

Para Sir Phillip, com amor, é o quinto livro da coleção "Os Bridgestons", da autora Julia Quinn. Os Bridgertons são oito irmãos e irmãs incríveis, cada qual dono de uma personalidade única, que nos levam a viajar por incríveis histórias. Julia Quinn conta a história de cada um em oito livros de tirar o fôlego.

Eloise Bridgerton, é uma moça bonita, alegre, comunicativa e dona das suas vontades. Embora vivesse em uma época em que as mulheres não tinham voz nem vez, ela teve a graça de ser uma Bridgerton. Após recusar durante anos várias propostas de casamento, por querer alguém perfeito, ou que fizesse um pedido perfeito, ela está com 28 anos e é já considerada uma solteirona pela sociedade. Por ela estava tudo bem conviver com esse status, pois até se imaginava envelhecendo na companhia da sua amiga Penelope, que nunca era cortejada e nunca chamou atenção de nenhum rapaz, mas nutria um forte sentimento por Colin, irmão de Eloise. Enfim, essa é outra história (livro três) Colin e Penelope se casam e Eloise sente-se completamente perdida.

Na mesma época Sir Phillip, um homem rústico, bonito e forte, arrasta um casamento infeliz a oito anos. Sua esposa Marina é uma mulher deprimida, infeliz, que raramente sai do quarto, nunca sorri e nem dá atenção aos filhos gêmeos, Amanda e Oliver. Sir Phillip tem muito respeito por sua esposa Marina, já tentou de tudo durante anos para tirá-la da letargia e nada surtiu efeito, ele então acomodou-se em viver dessa forma, dedicando-se as suas plantas e mantendo-se afastado dos gêmeos para evitar ser um pai tão ruim e violento quanto foi o seu, essa era sua forma de amar seus filhos.

Marina morre (não vou contar o que aconteceu...), e devido ao péssimo comportamento dos gêmeos e a inexistente vida social de Phillip e Marina, nunca recebiam visitas e foram poucas as condolências. Deve ser por isso que uma carta tão delicada enviada por Eloise (segundo ela, prima de sua esposa), tenha tocado fundo ao coração desse homem endurecido e o levado a responder agradecendo a gentileza. Começou aí um ano de trocas de correspondências onde embora não se conhecessem pessoalmente, tornaram-se confidentes e muito próximos.

Sabendo que precisa arrumar uma boa mãe para os gêmeos, propõe que Eloise vá até a sua casa em Romney Hall, para se conhecerem melhor e assim se gostarem um do outro casarem-se. Eloise resistiu um pouco até decidir fugir durante uma festa da família, porque não teria como explicar toda essa história, sua família jamais concordaria, ou sua mãe e irmã mais nova iriam junto, o que não seria nada romântico.

Na pressa de fugir ela também esqueceu de avisar Sir Phillip sobre a sua chegada. E qual não foi a surpresa desse rústico homem, que já tinha concluído que a jovem se ofendera com sua proposta e nem enviara uma carta dando uma desculpa qualquer?

Aqui começa a desenrolar esse lindo romance. Eloise terá que encarar os gêmeos (que inclusive chegaram a colar os cabelos da preceptora no travesseiro). Encontrar um caminho para se entender com Phillip, já que o que sobra de desenvoltura e "dom com as palavras" para a moça, falta a Phillip que não sabe expressar-se com palavras e nem com sentimentos. Por sua vez, Phillip terá que encarar seus fantasmas e medos do passado, além, de enfrentar a fúria dos quatro irmãos de Eloise.

"-Até você passar por tudo isso, nunca reclame do que temos - continuou Phillip. - Porque para mim... para mim... - Ele se engasgou com as palavras, mas prosseguiu rapidamente: - Isto... nós... é o paraíso. E não vou suportá-la ouvi-la dizer o contrário."


O livro é lindo, a leitura flui fácil e rápida, pois o enredo é rico e fascinante. O casal tem uma química irresistível e explosiva.
E para quem não conhece a série "Os Bridgestons" e desanimou de ler por não gostar de sequências, pode ficar tranquilo porque um livro independe do outro, você pode ler as histórias aleatoriamente, ou escolher os títulos que mais te atraírem. Claro, que sempre irá ter um spoiler ou outro, mas nada que atrapalhe a leitura. Além do mais, acho difícil que alguém leia um e não queira ler todos.

Então é isso. Fica adica, espero que gostem tanto quanto eu. 


6 comentários:

  1. Olá Aline tudo bem, eu sou fã de Julia Quinn, e adoro todos os livros, estou esperando ansiosamente o ultimo livro para ler. Sobre esse livro Para Sir Phillip adorei a forma carinhosa das cartas, Eloise é muito determinada, e as crianças umas pestinhas não é mesmo! Adorei tudo. Bjkas

    ResponderExcluir
  2. Oi, Karina
    Amo essa série. Ainda vou começar a ler o terceiro volume.
    Que bom que aprovou esse também. Mesmo sendo histórias de casais diferentes, eu sempre prefiro ler na ordem, pois como você mesmo mencionou, sempre tem uma informação aqui e ali que tira o encanto se você não leu o livro anterior.
    Bela resenha.

    ResponderExcluir
  3. bem, pra ser sincera esse é o tipo de livro que eu evito fácil... não gosto de romance, ainda mais sendo de época, essas séries que tem vários livros e talz são sempre mais do mesmo, possuem vários elementos que me incomodam, por isso prefiro passar batido... nem lendo aleatoriamente a série funcionaria comigo...
    bjs...

    ResponderExcluir
  4. OOi

    Não curto muito romances de época, talvez por nunca ter lido um. Pretendo um dia ler só para ver de vez se gosto ou não haha Mas vou deixar isso para depois...
    Contudo, fico feliz que tenha gostado! A resenha ficou ótima!

    Beijoos
    http://estantemineira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Ah com certeza concordo com você que quem lê Julia Quinn simplesmente se vicia em sua narrativa, fica completamente envolvido em suas histórias e apaixonado por seus personagens. Lembro que quando essa série foi lançada, pensei que seria muito chato ter que esperar pelo lançamento de oito livros. Mas logo me rendi após ler resenhas apaixonantes e hoje falta do ler apenas o livro final estou com o coração apertadinho, não quero me despedir. Penso que ano que vem irei reler a série!!'
    Não consigo escolher o meu favorito, adoro todos mas esses gêmeos: Amanda e Oliver me deixaram louca, Phillip deixa os pestinhas aprontarem mil coisas. Fiquei com pena de Eloise, mas amei como eles se entenderam no final.
    Adorei conhecer suas impressões. Beijos

    P.s. Aproveitei e já estou seguindo o blog viu!!??

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  6. Oioi! Tudo bem?
    Amo demais os livros da Julia Quinn, mas ainda nao li Para Sir Phillip, com amor. Parei no livro 4 e to louca pra voltar a ler sobre essa familia Bridgestons.
    Ai que linda reseha, preciso ler logo pra terminar a serie que finalmente ta acabando!
    Otima resenha.
    Beijos

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir