Light Grey Pointer Uma vida Literária : Resenha: A Proposta

23 de junho de 2016

Resenha: A Proposta

Titulo: A Proposta

Autora: Katie Ashley

Editora: Pandorga

Paginas: 312

Sinopse: Com a chegada dos trinta anos, Emma Harrison está com o seu relógio biológico tinindo e ainda aguarda o seu príncipe encantado aparecer. Ela está ficando sem opções, principalmente depois que o seu melhor amigo gay desistiu de ser seu doador de esperma.Claro, sempre há um banco de esperma, mas Emma tem medo de que haja alguma confusão com a doação e ela possa receber a semente de um monstro assassino ou algo do tipo. O maior mulherengo da empresa, Aidan Fitzgerald, está acostumando a sempre conseguir o que quer, principalmente no quarto. Quando Emma rejeita suas investidas na festa de Natal da empresa, ele fica determinado a conquistá-la, a qualquer custo. Ao saber sobre a difícil situação de Emma, ele rapidamente faz uma proposta que beneficiará a ambos. Ele será o pai do filho da Emma, mas ela precisará concebê-lo naturalmente, com ele. Sem ninguém com que namorar ou simplesmente fazendo sexo casual, Emma reluta em aceitar a oferta, mas o charme dele e o imenso desejo dela pela maternidade vencem a questão. Logo os momentos para a concepção do bebê se tornam mais do que físicos. Aidan não parece se afastar dela, enquanto Emma começa a pensar que ele pode ser o homem certo.


Resenha:

Esse livro estava na minha lista de "quero ler" a muito tempo. Finalmente semana passada surgiu a oportunidade e eu baixei em e-book, acabei devorando-o em 2 dias. Até agora não me decidi se gostei ou não, estou lendo o segundo para decidir, porque o primeiro livro simplesmente termina no meio da história e você tem que ler o segundo para descobrir o que vai acontecer.

A ideia central da história é bem legal, levada pelas necessidades emocionais e psicológicas dos protagonistas, mas as páginas acabam se perdendo um pouco ( na minha opinião) em muitas cenas repetitivas e detalhadas de sexo. Não é o meu ideal de história, mas tem muitos que gostam.

Emma é uma moça que está fazendo trinta anos e uma triste história de vida com muitas perdas, ela sempre desejou ser mãe, mais a morte de seu noivo e de sua mãe reforçaram esse desejo. Como o seu relógio biológico está apitando e ela não encontrou o cara certo para realizar o sonho de formar uma família com ela, Emma resolve pedir ajuda a seu amigo gay para ser o doador de esperma, tudo estava quase certo até que o companheiro do futuro doador diz que não aceita e acaba com os planos da moça. 

Aidan é um homem muito bonito, forte, viril, inteligente e bem sucedido, mas tem um grande defeito que é ser mulherengo e ter pavor em assumir um compromisso amoroso. Quer ser livre e viver plenamente o seu vigor sexual sem se amarrar a ninguém. Quando Aidan conhece Emma fica louco pela linda mulher com cabelos ruivos e ondulados que caem pelas costas e seus olhos verdes. Ela fica sabendo de sua má fama e rejeita suas investidas, o que o deixa mais interessado.

Ele a encontra em um momento frágil e decepcionada, com seu charme e delicadeza acaba fazendo a proposta de ser o doador desde que ela aceite dormir com ele. Ela reluta, mas com o incentivo da sua melhor amiga acaba aceitando.

Ele é tão incrível, cuidadoso, envolvente e quente que ela logo se apaixona por ele. E durante as tentativas de conceber o bebê eles vão descobrido que a empatia vai muito além do sexo, eles se descobrem companhias muito agradáveis e começam a sentir a falta um do outro quando estão distantes.

Quando Aidan cai em si e percebe o quanto está amando Emma, entra em pânico (aqui tem toda uma história do passado com a ex dele que vamos descobrir no segundo livro), e começa a afastá-la e tenta dormir com outra mulher para exorcizar o sentimento que estava enraizado em seu coração, mas além de não conseguir, é flagrado por Emma.

Bom como eu disse anteriormente, ainda estou decidindo se gostei do primeiro livro ou não. Os personagens são fofos, a Emma é linda, feminina e forte. Aidan faz o tipo machão pegador, mas não tem nada disso, se mostra um cara família, inteligente, romântico e cheio de fantasmas do passado. Eles são perfeitos juntos. 

Logo volto para falar sobre o livro dois, "O Pedido".



Nenhum comentário:

Postar um comentário