Light Grey Pointer Uma vida Literária : Resenha: O Pedido

30 de junho de 2016

Resenha: O Pedido

Titulo: O Pedido
Autora: Katie Ashley
Editora: Pandorga
Páginas: 334
Sinopse: Durante as semanas seguintes a traição de Aidan, Emma fez o que pode para seguir em frente. Ignorando as inúmeras mensagens de texto e voz e as flores, ela não tinha certeza se queria voltar para ele. Mas Aidan não desistiria fácil - principalmente não até que Emma deixasse revelar o segredo do seu passado que o levou a ter fobia de assumir compromissos. Mas o destino intervem quando Emma entra em trabalho de parto prematuro e precisa repousar por duas semanas. Aidan aproveita para fazer uma proposta surpreendente. Para provar seu amor e comprometimento com ela e com o seu filho, ele pede uma licença do emprego para cuidar dela em tempo integral. Jurando proteger seu coração, Emma concorda com relutância. Enquanto fica comovida com a atenção e os cuidados de Aidan, Emma fica desconcertada com a aproximação do médico da emergência. Alpesh "Pesh" Nadeen. Pesh é tudo o que Emma poderia querer - bem sucedido, equilibrado e pronto para se casar, para ser marido e pai. Pesh só quer conquistar o coração de Emma, mas ela não tem certeza se será capaz de entregá-lo. O coração dela pode ainda pertencer ao mesmo homem que o partiu - aquele que está tão desesperado para te-la de volta.


Resenha:

Na semana passada fiz a resenha do livro "A Proposta" e disse que estava indecisa sobre ter gostado ou não do livro e que precisava ler o segundo para decidir. Pois bem, "O Pedido" é o segundo livro que eu li faz alguns dias e não me encantou para correr e resenhar.
Além de ser super clichê, os personagens fugiram da sua personalidade inicial tornando-se maçantes, principalmente o Aidan.

Nesse livro vamos descobrir o porquê de Aidan ter virado um canalha de carteirinha e ter pavor em assumir um compromisso com alguém. Achei o motivo pequeno demais pelo tamanho do trauma, já que ele veio de uma família cheia de amor onde os pais se amaram durante toda a vida. Ele também se torna um cara pegajoso, paciente ao ponto de se tornar um pouco bobo demais, suportando até encontros de Emma com outro homem na sua própria casa. Meio demais né? Não vi traços do Aidan do primeiro livro.

A Emma continua sendo a Emma, mas com muito mais mimimi, fica naquela indecisão terrível se perdoa ou não perdoa o Aidan (que parece um cachorrinho), e ela parece uma menininha birrenta e insegura enquanto aproveita a companhia do delicioso doutor Pesh.

Pesh é o cara "tudo de bom", "senhor perfeito demais para ser verdade". Quando ele entra na história super interessado na Emma, achei que ia dar uma mexida na trama para agitar aquela relação chata e cheia de açúcar entre ela e Aidan. Pura ilusão. 
Na minha opinião, a autora se perdeu e criou homens "mulherzinhas" demais, mais femininos que as mulheres da história e sem nenhuma testosterona, e não me refiro a parte sexual, que essa não falta nunca, sempre apimentadíssima e cheia de detalhes. Parece que a escritora não sabe o que escrever e descreve cenas e mais cenas de sexo para aumentar as páginas do livro.

Foi difícil de acabar de ler esse livro porque a minha glicose já estava altíssima. Oh, história açucarada!!!! Tem o terceiro livro que se chama "A Festa", segundo a sinopse, fala de como eram as vidas de Aidan e Emma antes de se conhecerem. Infelizmente vou ficar devendo essa última resenha para vocês, estou passando o último livro. 

26 comentários:

  1. Oi Karina,
    Esses dias finalizei a leitura desse livro também e gostei até, apesar de ter consciência sobre os pontos negativos. Ainda pretendo ler o terceiro livro da série pois fico curiosa sobre os acontecimentos. Ainda assim, preciso concordar com você: é uma trama bem clichê mesmo!

    Beijos, Fer
    wwww.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Já tinha achado a sínopse do livro totalmente confusa, e pelo que você falou sobre ele me interessei menos, parece ser um livro super chato e confuso , assim como você passou o último livro eu passo a série toda kk

    ResponderExcluir
  3. É uma pena quando a série não mantém o mesmo ritmo e se você já estava indecisa, poderia ter se interessado mais com esse livro, mas como não aconteceu é mesmo uma pena. Deve ser frustrante acompanhar personagens que perdem suas identidades e acabam ficando assim chatinhos. Eu conheci essa série há pouco tempo mas ainda não li os livros e vendo a sua resenha tão sincera, eu não vou correr para ler não, vou deixando pra lá e em algum momento eu posso realizar a leitura.

    ResponderExcluir
  4. Oi, morri de rir com as suas considerações!!! Homens "mulherzinha" foi ótimo e a sua glicose nas alturas foi preocupante. Adorei a sua sinceridade e bom humor!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oie menina... Olha, eu sou péssima pra falar sobre esse tipo de livro, não sou muito fã do gênero, sabe? Raramente algum plot me chama a atenção. E a desse foi uma dessas, não me atraiu nem um cadinho. E pela sua resenha, me atraiu menos ainda. Se tem algo que eu não goste é de romances açucarados.

    ;D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
  6. Oiee ^^
    Eu ainda não li os livros, mas é uma pena que sejam tão clichês e os personagens maçantes :/ acho que, depois desta, não vou nem tentar lê-los, pois não tenho paciência, não. E eu não gosto muito de livros com muitas cenas hots, normalmente eu acabo me entediando com essas partes e pulando páginas... Ou seja, aproveitamento 0. Mas é uma pena mesmo que o livro tenha te decepcionado :/
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Karina,
    estou exausta e morrendo de sono, mas sua resenha me fez sorrir como se tivesse ganhado na loteria kkk adorei a forma irreverente que usou para descrever a história, oro por um mundo com mais resenhas como essa. Eu decidi passar os livros, pois também super me incomodo com personagens mimizanas e histórias açucaradas e pra completar odeio homem sem personalidade que fica rastejando.

    Abçs
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
  8. Não cheguei a ler os livros, e não sei ainda se lerei, pois tenho lá meus receios com romances, ainda mais os que são recheados de clichês, mais do mesmo, e acrescentam pouco. Mas tenho de parabenizá-la! Seu texto ficou ótimo! Bem descontraído (mentira, tá um arraso!)... rsrs... Não tenho paciência com pessoas chatinhas, quem dirá personagens que é so fechar o livro e pronto, sumiram!... XD
    beijo!
    Nu.
    As 1001 Nuccias | Curte aí!

    ResponderExcluir
  9. Não gostei da proposta do livro, nem da capa, mas saber que é um livro clichê (não que isso seja um problema quando é um livro bem escrito), e ainda fugir da proposta inicial, faz com que eu não queira ler esse livro.
    Já não gosto do gênero e a autora usa detalhes demais nas cenas de sexo... vou passar esse livro!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  10. Oii Karina, tudo bom? Eu vou passar esses livros! Essas tramas açucaradas demais não fazem muito meu estilo e essas premissas não me empolgam em nada! Sua resenha ficou muito boa, bem sincera. AH, eu acho essas capas tão feinhas :/
    Beijos! <3

    ResponderExcluir
  11. Olá Karina,
    Mds, não entendo o motivo de alguns livros, sabe? Esse parece que não tem mesmo :/
    Detestei saber que os personagens tornam-se maçantes e que a protagonista fica cheia de mimimi, como se não bastasse isso, a história é extremamente açucarada. Mds, não preciso disso e me abstenho dessa leitura, sério.
    Adorei sua resenha e a sinceridade, mas esse livro não é pra mim.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  12. Oi Karina,
    Eu também não sou fã de livros doces, com personagens cheios de mimimi e cheios de frescura não. Gosto de personagens mais realistas. E o fato da autora se perder e ficar sem conteúdo e para compensar colocar muita cena de sexo, só para ter mais páginas, realmente fica irritante. Obrigada pelo aviso, irei evitar a série sem dúvidas.
    Beijos
    Um Rascunho a Mais

    ResponderExcluir
  13. Oii!
    O gênero eu não curto muito e a sinopse nunca me chamou a atenção! Depois então da sua resenha me animei ainda menos para ler! Ainda mais depois de saber que é um livro muito doce, odeio livros assim! Não lerei :/

    Beijão!
    Vem conhecer o meu cantinho ♥
    http://cantinhodosrabiscos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Que pena que não gostou da continuação. Realmente, todos os detalhes que te irritaram me irritariam também, afinal esse mimimi de perdoar traição ninguém merece. Eu ainda acho que lerei um dia para ter minha própria opinião, mas acredito que não gostarei. Isso do Aidan ficar atrás dela igual um cachorrinho é terrível, detesto de ver hahaha.
    Beijos.
    http://arsenaldeideiasblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
  15. Vish, antes de comentar qualquer coisa, quero lhe parabenizar pela resenha pois está muito bem escrita! Agora, esse não é o tipo de livro que eu escolheria para ler, pois nao gosto de romances clichês, ainda mais "açucarados" conforme disse! E conforme o texto acima, o exemplar não é tão cativante assim... E para completar a situação, não é um gênero que eu curto! Vou dar uma olhada mais aprofundada pelo blog e procurar um outro exemplar! Sucesso para você. Filipe Penasso - Pena Pensante

    ResponderExcluir
  16. Não gosto quando os autores mudam a personalidade dos personagens na continuação, é decepcionante e principalmente quando tínhamos gostado de sua personalidade no livro anterior, gosto de clichê quando o autor consegue disfarçar, mas no enredo fica nítido, como se estivesse gritando: clichê clichê clichê
    As vezes também me incomodo com personagens que mudam completamente ou que fazem o maior drama por motivos pequenos, enfim, acho que não leria o livro, principalmente pela continuação não ser boa aos leitores

    ResponderExcluir
  17. Oi, Karina, tudo bem?

    Olha, vou te contar que pela sinopse eu até tinha gostado e ficado bem animada, mas aí vieram as suas considerações e eu tomei um banho de água fria! hahahaha
    Eu curto muito um clichê, mas tudo tem limite, né? E esse negócio de homem mulherzinha e mimizento não é comigo não! hahahaha

    Beijo

    ResponderExcluir
  18. Oi, tudo bom?

    Ainda não conhecia essa serie, mas pelo visto não iria gostar dela, e olha que adoro romances clichês. Enfim, não deu para saber direito a sua opinião sobre o primeiro livro, você gostou dele? Mas o segundo é que desandou a historia?

    Abs,
    http://perdidoemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Olá, tudo bom?

    Eu ainda estava na dúvida se lia essa série, mas depois dessa sua resenha, vou passar longe. Não que eu não goste de romances, mas odeio quando os personagens perdem suas personalidade e/ou ficam chatos. Gosto de personagens decididos e carismáticos, que corram atrás do que querem e deixem de "mimimi". Enfim, não parece ser o caso, por isso dispenso a leitura.

    Obrigada pela dica, mesmo assim ;)

    Beijos.

    http://instantesmemoraveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oi, tudo bem?
    Eu já li alguns comentários sobre esse livro, mas nunca tive muita curiosidade, sabe? E eu confesso que não sou muito fã de séries/trilogias e afins. Bom, sobre esse livro em questão de cara já descarto a ideia de ler, porque não gosto de clichês, quero manter distância porque já li muito esses dias e os personagens se tornarem maçantes me deixa ainda mais desanimada, só isso já me fez descartar a ideia de ler.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  21. Ola Karina lindona eu amo essa Trilogia, li já faz algum tempo e adorei a construção dos personagens, acredito que Aidan está aprendendo muito com tudo que está acontecendo. As capas estão lindas pretendo reler em breve. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  22. Oie, que pena que o livro não te agradou em nada, sinceramente não conheço a história mas fiquei sem vontade de conhecer depois da sua resenha. Detesto personagens bobões e o cara aceitar encontro da mulher com outro na própria casa é um pouco demais, e cenas de sexo desnecessárias também sempre me irritam. É triste quando a gente desiste de terminar a série porque ela é ruim, né. Espero que suas próximas leituras sejam melhores.

    ResponderExcluir
  23. Oi Karina, tudo bem?
    Que livro açucarado heim?! mas confesso que chamou minha atenção hahaah, eu gosto de romances assim e também quando tem cenas hot no meio. Uma pena que você não gostou tanto, mas eu ainda quero ler para ver o que vou achar mesmo assim. Ótima resenha!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  24. Oie! Sempre achei continuações muito complicadas, pois sempre há o risco de o autor não seguir a mesma linha e tornar a obra totalmente desnecessária e dispensável. Triste saber que foi o que aconteceu nessa obra. Mais triste ainda descobrir que páginas são preenchidas com cenas eróticas, coisa que nunca me atraiu em um enredo. Entendo sua atitude de não querer ler o próximo. Acredito que eu não leria essa série e, se eu for ler futuramente, será apenas o primeiro volume, que parece ser melhor. A parte gráfica também não me agradou muito. Acho que podia ser bem melhor... Mas enfim, adorei a sua resenha e a forma como expôs todos os fatos.

    Beijos,
    Fernanda Goulart.

    ResponderExcluir
  25. Olá!!

    Nossa, eu não conhecia essa trilogia (é trilogia mesmo, né?) e muito menos a auora, também não cheguei a conferir a sua resenha do primeiro livro. Você disse que o livro é muito clichê... Bem, eu não me importo muito com histórias clichês, embora seja delicioso de surpreender, mas você disse que os personagens mudam de personalidade, aí não dá, aí não rola. Só por isso já me desanimo a ler esses livros. Mas de qualquer forma, obrigada pela matéria e pela sinceridade nas palavras.

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9¾

    ResponderExcluir
  26. Oi, eu gosto de clichês mas esse clichê dessa trilogia parece ser até demais. Livros muito muito açucarados me dão um certo nojinho rs então passo. Que pena que os personagens mudaram. Amadurecer é uma coisa mas mudar desse jeito é outra, e bem chata. Como o Aidan mudou de personalidade assim tão rápido? Vai saber né...
    Ótima resenha, beijos!

    ResponderExcluir