Light Grey Pointer Uma vida Literária : Resenha: A Coroa

1 de junho de 2016

Resenha: A Coroa


Título: A Coroa
Autora: Kiera Cass
Editora: Seguinte
Paginas: 310
Sinopse: Em A Herdeira, o universo de A Seleção entrou numa nova era. Vinte anos se passaram desde que América Singer e o príncipe Maxon se apaixonaram, e a filha do casal é a primeira princesa a passar por sua própria seleção.
Eadlyn não acreditava que encontraria companheiro entre os trinta e cinco pretendentes do concurso, muito menos o amor o amor verdadeiro. Mas às vezes o coração prega peças e agora Eadlyn precisa fazer uma escolha muito mais difícil _ e importante_ do que esperava.

*essa resenha contém spoiler dos livros anteriores



Resenha:

“Se existe amigos que são almas gêmeas, você é a minha, e não quero que vá a lugar nenhum.”

Desde quando Kiera Cass anunciou que iria lançar mais dois livros dando continuidade à saga A Seleção, confesso que fiquei com um pé atrás, pois ao meu entender essa continuação era totalmente desnecessária, mas mesmo assim decidi ler os livros e finalizar a serie. Como era de se esperar eu acabei não me conectando aos personagens e só quando A Herdeira estava praticamente acabando que comecei a sentir certa simpatia por alguns personagens e, foi essa simpatia que me fez ler A Coroa.
 Quem teve a oportunidade de ler A Herdeira, teve também à oportunidade de acompanhar de perto a evolução da princesa Eadlyn, de garota mimada e prepotente, para uma garota doce e menos egocêntrica. Em A Coroa essa mudança continua presente, principalmente após América sofrer um ataque cárdico e Maxon se sentir incapaz de sair do lado de sua esposa enquanto ela se recupera, sendo assim ele acaba nomeando Eadlyn princesa regente, e assim é possível sentir a princesa cada vez mais focada em se tornar a melhor rainha que Ileia precisa. Ela passa a escutar mais a voz do povo e, mesmo em vários momentos se sentindo incapaz de satisfazer seu povo, Eadlyn toma decisões muito importantes e positivas, se mostrando totalmente preparada para o futuro reinado.

“Nada te deixa mais consciente da presença de uma pessoa do que a falta dela.”

A parte da seleção ficou totalmente apagada, na verdade ela nem parecia estar ocorrendo, pois a personagem simplesmente não reservava tempo para seus selecionados e quando algum encontro ocorria era seguido de uma eliminação. O escolhido não foi muita surpresa em minha opinião, porém a forma como ocorreu foi totalmente despreparada, em uma página a Eadlyn não ama ninguém e esta coberta de dúvidas e, de repente, na outra página ela está perdidamente apaixonada (???), dessa descoberta para o fim da trama é muito corrido, e o livro acaba com infinitas pontas soltas.
A “disputa” pela coroa que a autora decidiu colocar presente nesse livro acabou me decepcionando mais ainda, é como se Kiera simplesmente não tivesse mais o que inventar e jogou um assunto qualquer e pronto, a autora parecia estar com preguiça de desenvolver melhor o livro e trazer uma historia de tirar o fôlego e fechar com chave de ouro essa saga tão bacana.
A Coroa tem um ritmo gostoso, o que torna a leitura rápida e leve, o desenvolvimento da personagem no decorrer da historia também é bem satisfatório. Fiquei decepcionada com o destino de alguns dos personagens, porem achei positivo que a autora acabou saindo um pouco do clichê. Quanto ao final do livro, mesmo gostando um pouco do destino de Eadlyn, não posso dizer que estou satisfeita, a autora correu e acabou deixando varias pontas soltas, principalmente na questão política que o livro aborda. Infelizmente não consegui dar mais que três estrelas no livro e, sinceramente só dei três estrelas pela saga toda, pois o livro realmente me decepcionou.

9 comentários:

  1. Ol, primeiro deve dizer que amo essa série, mas no meu caso, achei esse final um tanto decepcionante. De qualquer maneira, acho que vale muito a pena conferir. E claro, adorei a sua resenha, especialmente por destacar passagens bem interessantes.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  2. Olá, ainda não li nenhum dos livros dessa série quando os volumes anteriores todos pareceram amar, esse último volume tem dividido as opiniões. Vi muitas pessoas dizendo que também se decepcionaram mas outras disseram que se apaixonaram. Eu não sei bem o que pensar, já que não li. Mas gostei de ver que você foi sincera na resenha e mostrou a sua opinião verdadeira.

    ResponderExcluir
  3. Oi, eu já tive muita vontade de ler a trilogia Seleção, mas depois que de trilogia virou série e toda hora tem livro novo, fiquei bem desanimada. Mas aí li um livro único da autora e fiquei maravilhada com a escrita da Kiera e agora a vontade de conhecer a série pela qual ela ficou famosa, voltou.
    Amei sua resenha e não sei se tem spoilers, mas aumentou minha curiosidade quanto ao universo que a autora criou.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi!

    Eu ainda não li A seleção acredita? Então sempre fico bem perdida e levo um monte de spoiler. Eu achei a capa bem bonita desse livro e gostei do que você apresentou, acho que preciso definitivamente pegar essa série pra ler e parar de procrastinação. rs. Parabéns pela resenha! <3

    beijo!

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Eu amo a trilogia original, por assim dizer, de A Seleção mas essa duologia que dá continuidade à série não foi, ao meu ver, um grande acerto da autora.Acho que por conta de toda essa grandiosidade que a história da America e do Maxon tem, as expectativa para a da Eadlyn eram extremamente altas e por isso grande parte dos leitores acabou se decepcionando,assim como eu,com o desenrolar de tudo. Ainda assim achei o desfecho satisfatório, dentro do possível,apesar de não ter tido grandes emoções.
    Adorei sua resenha.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Oi Aline, tudo bem?
    Por incrível que pareça, ainda não li A Seleção, apesar de estar morrendo de curiosidade para conhecer a história que tantos leitores amam. É realmente uma pena que o livro tenha te decepcionado, ás vezes os autores realmente não percebem que a história já estava finalizada e que não havia como dar uma sequência a ela, mas ainda que tenha sido uma decepção, acredito que o livro tenha servido para matar a saudade dos personagens que tantos leitores amam. Espero ler um dia os livros dessa autora, todos falam muito bem.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  7. Eu nem posso meter o "pau" nesse livro pois nem perdi meu tempo lendo. O anterior para falar a verdade li em e-book e nem prestei bem atenção. A verdade é que a Kiera só escreveu esses dois últimos livros por causa da editora que queria mais dinheiro. Eu não vou ficar me estendendo pois se não vai sair "textão", por hora, só posso concordar com tudo o que você escreveu -mesmo não tendo lido o livro- e desejar que um dia os autores parem de acabar suas histórias com continuações e continuações sem sentidos... E que a Kiera tenha aprendido a lição.

    Vento Literário / No Facebook / No Twitter

    ResponderExcluir
  8. Ola Aline confesso que ainda não li os livros da Herdeira e agora esse devido a personalidade da protagonista que sei que irá me irritar, sua colocação enfatizando que a seleção em si ficou de lado já me desagradou, no momento não irei ler, fico com as lembranças de meus amados Maxon e América. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bem?
    Que pena que o livro não era o que você esperava, eu tenho os três primeiros livros da série em casa é só não peguei por falta de tempo mesmo, apesar dos pontos negativos ainda quero ler para ver o que vou achar. Parabéns pela resenha!

    Beijos

    ResponderExcluir