Light Grey Pointer Uma vida Literária : Resenha: Como eu era antes de você

14 de abril de 2016

Resenha: Como eu era antes de você


ISBN: 97885805
Autora: Jojo Moyes
Ano: 2013
Páginas: 320
Editora: Intrínseca
Classificação: ⭐⭐⭐⭐⭐❤

Sinopse: Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Além disso, trabalha como garçonete num café, um emprego que ela adora e que, apesar de não pagar muito, ajuda nas despesas. E namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe.
Quando o café fecha as portas, Lou se vê obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, a ex-garçonete consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto e planeja dar um fim ao seu sofrimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.
Resenha 

"Sabe, você só pode ajudar alguém que aceita ajuda."

A primeira vez que li Como eu era antes de você, o livro ainda não tinha a fama que tem hoje, mas mesmo assim era possível ouvir maravilhas em relação a história. Recentemente, como o lançamento do trailer da tão aguardada adaptação cinematográfica, eu senti uma grande necessidade de reler o livro e reviver todas aquelas emoções que ele foi capaz de me trazer.
Will Traynor tem 35 anos, é um homem que sempre teve um vida super ativa, mas após sofrer um acidente de trânsito que o deixou tetraplégico, ele acabou se tornando uma pessoa completamente amargurada e depressiva.
Lou é uma mulher de 26 anos e leva uma vida simples, baseada na mesmice de trabalhar em um café e namorar Patrick, um cara que parece se preocupar unicamente com o corpo e com o treino para Norseman Extreme, uma maratona da qual ele deseja participar. Lou vive com os pais, o avô, a irmã e o sobrinho, e essa vidinha sem nenhuma emoção parece bastar, até o momento em que ela perde o emprego.
Após perder o emprego no café, Lou vai trabalhar como cuidadora de Will. No inicio os dois vivem uma relação que beira ao ódio, e o temperamento de Will acaba por não facilitar muito as coisas para Lousie. Mas com o tempo os dois se aproximam, e acabam assim, modificando a vida um do outro.

"Fale com ele, pelo amor de Deus. Claro que ele se sente infeliz. Está preso a uma maldita cadeira de rodas. E você certamente está sendo inútil. Apenas fale com ele. Conheça-o. Qual a pior coisa que pode acontecer?"

Sabe quando você termina de ler um livro e fica tentando absorver cada palavra escrita ali? Pois é, foi exatamente assim que eu fiquei assim que terminei de ler Como eu era antes de você. O livro foi um verdadeiro tapa na cara, foi como se eu visse cada um dos meus antigos preconceitos expostos pra todas as pessoas verem, e eu me senti extremamente envergonhada por saber que carregava coisas tão mesquinhas dentro de mim.

"Você vai se acostumar com ele. Ele late mais do que morde."

O livro é narrado em primeira pessoa, e nos trás capítulos alternados entre Lou e alguns dos personagens secundários, o que nos permiti entender a historia por completo e ver como o acidente de Will afetou cada um dos personagens.
Alguns personagens conseguiram me irritar bastante, por exemplo a irmã da Lou, que é uma pessoa tão chata e folgada, que é bem visível a maneira que ela se aproveita da bondade da irmã. E o pai dela acabou me irritando um pouco também com algumas "piadinhas" desnecessárias. A própria Lou acabou me irritando com aquele complexo de "tô super satisfeita com a vida que levo", mas com o tempo acabei entendendo que ela não poderia ser diferente, afinal ela é colocada em vários momentos em segundo plano, seja pela família ou pelo namorado.
A trama do livro foi bem previsível para mim, porém a Jojo desenvolveu tão lindamente a história, que mesmo esperando cada um dos fatos que ocorre, é possível se emocionar na mesma medida.

"Eu contei para ele que o amava e ele apenas disse que isso não bastava. Como posso aguentar isso?"

As lições que Como eu era antes de você me trouxe são eternas, ele me fez finalmente entender o quanto é difícil a vida de um deficiente, e que mesmo assim eu não devo sentir pena de uma pessoa nessas condições, pois no fundo ela só quer ser tratada de forma igual a que eu sou tratada. Enfim, o livro todo em si é uma lição de vida, e até mesmo de superação.
Bom, o livro é lindo, emocionante e marcante, com certeza um dos livros mais incríveis que já tive a oportunidade de ler.

"Não pense muito em mim.
Não quero que você fique toda sentimental. Apenas viva bem."

11 comentários:

  1. Menina do céu, tbm postei hj minha opinião sobre o livro e como bate nossas ideias kkk aquela Katrina egoísta, vou te contar viu... Adorei suas colocações, beijos!

    ResponderExcluir
  2. Oi Aline,tudo bem?
    Eu tenho esse livro há bastante tempo mas não consigo me sentir empelida a lê-lo, mas cada vez que vejo uma resenha como a sua penso em retirá-lo da estante antes que a adaptação seja exibida por aqui.Sua resenha consegui me deixar um pouquinho curiosa,mas não sei se o sufara o ler agora.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem??

    Essa será a minha próxima leitura! Estou muito ansiosa, principalmente por conta da adaptação cinematográfica que está chegando ♥ amei a resenha, só me deixou mais animada ainda! Livros narrados em primeira pessoa sempre acabam me cativando mais hehe

    XOXO
    umnovo-roteiro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Nao tem como não favoritar esse livro não é mesmo? Concordo plenamente sobre todos os pontos citados em sua resenha e também acho que as lições são eternas e muito emocionantes. Estou ansiosa para ver o filme, porque até no trailer eu já chorei demais.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  5. Oiiie,

    Esse livro pra mim é o livro. Quando eu o li chorei do começo ao fim. A Jojo arrasou nessa obra <3 Mais do que concordo com todas os seus pontos, o livro nos trás uma lição de vida mesmo. Amo ele e é um dos meus livros de cabeceira. Amei <3

    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Este foi um dos livros que mais me emocionaram na vida e tenho um carinho muito intenso pela história e pelos personagens principais. As vezes acho que os conheci e sendo assim, senti a perda deles. Uma historieta marcante e inesquecível, com certeza.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá Aline,
    Li esse livro há pouco tempo e acho perfeito.
    Concordo com você sobre a previsibilidade da história, a irritante irmã da Lou e as piadinhas nada engraçadas do pai, essas duas últimas coisas me incomodaram bastante. A previsibilidade não incomodou, pois notei que foi o melhor final que a história poderia ter tido.
    É um livro bastante reflexivo e que deveria ser lido por todos.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  8. Hello!
    Este realmente não é meu tipo de leitura. Gosto mais de aventuras e etc... porém, como vem ai o filme, vou vê-lo e se for realmente legal, dou uma chance ao livro.
    Bj

    ResponderExcluir
  9. Oie, tudo bem!?
    Eu adorei a resenha, pois estou pra ler esse livro, e estava ansiosa pelo o que me esperava. Espero sentir o que você sentiu lendo ele. Amei seu jeito de se expressar.

    XoXo, Alice

    ResponderExcluir
  10. Eu ainda não li esse livro mas sei que ele é lindo e que com certeza eu vou me acabar de chorar quando terminar de ler. A história é maravilhosa e estou ansiosa para começar a leitura, estou com ele em e-book mas ainda não tive tempo para ler, o que é uma pena

    ResponderExcluir
  11. Olá... tudo bem??
    Ouço sempre elogios sobre a leitura do livro, mas confesso que o livro não é para mim, pois não curto muito esse tipo de narrativa, mas amo filmes com essa temática, gosto de ver na pele os sentimentos que ele pode me trazer assistindo e a emoção traduzida... o livro não vou ler mesmo... mas o filme vou assistir com toda certeza... sua resenha ficou bem bonita... carregada de sentimentos... que bom que pra ti a leitura funcionou bem... e que te trouxe reflexão e uma modo de ver a vida diferente... Xero!

    ResponderExcluir