11 de abril de 2016

Novidades: Editora Draco



O Teatro da Ira, Diego Guerra

Basta uma faca para começar uma guerra
Jhomm Krulgar é um ninguém. Um rato de estrada. Um cachorro vadio. Um mastim demoníaco. Sua espada está a venda para qualquer um com moedas no bolso e objetivos escusos. Quando uma garota surge prometendo a riqueza de um rei e a realização dos seus desejos de vingança, ele nem imagina que está prestes a se envolver em um dos mais perigosos jogos políticos de sua era.
Agora, ele e Khirk, seu companheiro silencioso, membro de uma antiga raça escrava, partem para o Sul, onde tentarão impedir os rebeldes separatistas de tomar a coroa da maior cidade do Império de Karis. Encontrarão em seu caminho um Magistrado em missão de paz e um mago ilusionista prestes a realizar o maior espetáculo da sua vida.
O Teatro da Ira, primeiro romance da série Chamas do Império, de Diego Guerra, é uma viagem fantástica onde criaturas místicas e soldados comuns lutam lado a lado nas paredes de escudo, implorando pela própria vida e alimentando as fogueiras da morte para fazer valer as vontades de reis e nobres.
Enquanto Krulgar busca cegamente a sua vingança, não faz ideia de que se tornou apenas mais um dos personagens sombrios deste Teatro da Ira.

Crônicas de Atlântida – o olho de Agarta, Antonio Luiz M. C. Costa
Explore as lendárias civilizações nesse marco da literatura fantástica brasileira.
Agarta é um império orgulhoso onde só os mais fortes se destacam. Quando ocorre um encontro casual entre Vasu, guerreiro agartiano, e Tlalpan, uma aventureira atlante, isso pode trazer consequências que mudarão o destino de vastos impérios.
Uma geração após os acontecimentos de Crônicas de Atlântida – o tabuleiro dos deuses, ambiciosos comandantes militares de Agarta, a petulante valquíria Madhavi, a humilde serva Bakri, a orgulhosa capitã acaia Lúsia e o retorno de figuras conhecidas da saga atam os nós dessa trama épica e amorosa na qual culturas e panteões rivais se enfrentam por ideais divergentes de poder e justiça.
Crônicas de Atlântida – o olho de Agarta é o segundo romance de Antonio Luiz M. C. Costa, editor e colunista na revista CartaCapital. À reconstituição da lendária Atlântida somam-se a da utópica República de Platão e a de Agartha ou Shambhala, fantasiada por ocultistas do século XIX como um misto da Asgard nórdica e a Ayodhya hindu. O resultado é um cenário imaginativo e original, no qual grandeza e mesquinharia residem lado a lado.

Futebol – histórias fantásticas de glória, paixão e vitórias
Uma seleção de histórias craques para torcedor nenhum botar defeito!
Não importa se os jogadores são artificiais, fantasmas, demônios ou simples mortais, no incrível mundo do futebol não há discriminação. Boleiros que vivem em nossa imaginação entram em campo para mostrar que futebol e literatura fantástica formam uma combinação de placa.

Monstros Gigantes – Kaiju
Ele é um carrasco, uma punição do universo pela arrogância humana. Ele é um kaiju.
Você pode senti-lo se aproximando. A cada passada, um terremoto. A cada sombra lançada, pânico e terror. Seu urro estilhaça vidraças e mentes. Seus golpes não deixarão pedra sobre pedra. Será a cidade devastada por sua passagem mais uma vez?
Das mais antigas eras até o futuro incerto, esses terríveis colossos assolam a Humanidade, nós que para eles não somos mais que insetos, parasitas a serem devorados ou esmagados. Depois de sua chegada, sobreviver se tornará a nossa única razão de existir.
Enfrente a avassaladora presença ou vivencie a angústia de pessoas marcadas pela vinda desses invencíveis nêmeses. E se houver o dia seguinte à sua marcha apocalíptica, o mundo com certeza não será mais o mesmo.

Erótica Fantástica
Sexo, prazer e fantasias entre humanos e não-humanos de todas as orientações sexuais, sem qualquer tipo de preconceito
Se você é humano, já pensou em sexo. Prazer, fantasias, intimidade — palavras que sempre aparecem ligadas ao ato sexual, ao erotismo. Mas se tudo o que move o imaginário erótico está ligado a um instinto que serve primordialmente para a reprodução, por que personagens terráqueos sempre estenderam seu desejo a alienígenas, seres mágicos e criaturas artificiais de todas as espécies por toda a história da literatura fantástica? Como seria ter um selvagem lobisomem entre quatro paredes, ou mesmo uma terrível e sedutora vampira? Seriam os androides eficientes também na arte do amor?

Samurais x Ninjas
Lute com honra. Em guarda. Comece o duelo!
Os samurais são a tradição, a busca pela perfeição e o caminho da honra. Os ninjas são a astúcia, donos dos segredos e mistérios das sombras. Em mundos orientais verdadeiros e imaginários, os seus embates sempre serão lendários. Cada um de um lado, a batalha vai começar.
É chegada a hora, as cerejeiras derramam as suas pétalas sobre um campo iluminado pelo rubro pôr do sol. Saque a sua lâmina e prepare-se para a vitória!

Excalibur – histórias de reis, magos e távolas redondas
Uma homenagem à fantasia medieval e aos heróis que nunca morrem
Todos já ouvimos falar do Rei Artur. Desde as crônicas medievais até a literatura contemporânea, passando por meios como o cinema, teatro, quadrinhos e games, muito foi contado sobre ele, seus cavaleiros e o mago Merlin, reinventando o universo mágico cujo centro é a corte do reino de Camelot.
Batalhas, encantamentos, amores, intrigas e traições – tudo isso e muito mais se revela a cada página de Excalibur, uma homenagem à fantasia medieval e aos heróis que nunca morrem.

Super-Heróis
Para descobrir aventuras que não estão nos gibis, não perca essa fantástica edição
Mais rápidos do que uma bala, mais poderosos que uma locomotiva, capazes de saltar por cima de arranha-céus. Do alto das nuvens ou à espreita nas sombras, enfrentando invasões cósmicas ou derrubando quadrilhas de traficantes, heróis com poderes incríveis chegaram para ajudar.
Para o alto e avante!

Space Opera: Aventuras fabulosas por universos extraordinários
Alerta vermelho! Todos aos seus postos! A nave Space Opera está pronta para a batalha final.
Poderosas naves atravessam o hiperespaço e desbravam fronteiras galácticas. Seres exóticos, robôs, pós-humanos e suas aventuras e peripécias. Frágeis e indefesas princesas planetárias em apuros e as destemidas e habilidosas heroínas que não fogem à luta. Inteligências artificiais fora do controle e heróis do espaço em sua batalha constante contra as forças do mal que ameaçam a paz galáctica. A luta pela sobrevivência da humanidade e os insondáveis mistérios do universo.
Descubra por que a Space Opera se tornou sinônimo de ficção científica no mundo todo.

Novo dragão no pedaço: Rodrigo Rahmati
Clique no título para saber mais sobre cada obra:
Kamerorkester, Rodrigo Rahmati
Quando coisas sinistras e apavorantes acontecem com você e ao seu redor — e é impossível escapar delas –, uma decisão se torna necessária: você vai se tornar o herói ou o vilão de sua própria história? Para o protagonista desse conto de terror de Rodrigo Rahmati, não houve dúvidas.

Para mais infomações acesse o site da editora editoradraco.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário