25 de abril de 2016

Resenha: O Projeto Rosie


Ano: 2013
Páginas: 320
Editora: Record

Autor: Graeme Simsion
Sinopse: Às vezes não somos nós que encontramos o amor; é ele quem nos encontra.
Don Tillman, 39 anos, musculoso e tão bonito quanto Gregory Peck, é professor de genética e nunca teve uma namorada. Em seu estrito cronograma de atividades, todas as tarefas são calculadas para garantir o menor desperdício de tempo. Nada de imprevistos ou de surpresas; diretrizes para que Don não precise recorrer às suas baixíssimas habilidades sociais. Mas, na busca pela esposa perfeita, ele vai precisar de muito mais que a ajuda do questionário que desenvolveu para selecionar candidatas. E, quando Rosie Jarman entra em seu escritório - um exemplar totalmente inadequado ao seu perfil-, o imprevisto, o impulso e a emoção passam a ser as novas regras.



19 de abril de 2016

DIA NACIONAL DO LIVRO INFANTIL

Olá, tudo bem?
Ontem, 18 de abril se comemorou o Dia Nacional do Livro Infantil. A data foi escolhida em homenagem a Monteiro Lobato, grande escritor da literatura infantojuvenil brasileira. Quem não se lembra de Narizinho, a boneca Emília, Pedrinho, Dona Benta, Tia Nastácia, o porco Rabicó, o Visconde de Sabugosa e outros diversos personagens de O Sítio do Pica-pau Amarelo? Esse livro de Lobato marcou a infância de muitas gerações e tal qual seu conjunto de obras, nas suas produções infantis também transmitia valores morais a serem respeitados e incorporados pelo indivíduo, conhecimentos sobre as tradições de nosso país, objetivando que a criança também aprenda enquanto brinca e lê.

18 de abril de 2016

Top 5 Livros Infantis

Oi!

Eu como leitora, pedagoga, mãe, tia, ex professora, amo literatura infantil. Acredito que ela tenha feito parte da vida de todos nós em algum momento. Lembro de várias histórias que eu ouvia e lia quando era criança e que foram fundamentais na construção do meu amor pelos livros.

Hoje é dia Nacional do Livro Infantil e eu quero trazer algumas dicas de livros super gostosos para ler com os filhos, sobrinhos, filhos dos amigos, a criançada da vizinhança, ou para ler junto com a sua criança interior.


15 de abril de 2016

Resenha: O Orfanato da Srta. Peregrine Para Crianças Peculiares



Ano: 2015 
Páginas: 336
Editora: LeYa
Autor: Ransom Riggs
Sinopse: Milhões de cópias vendidas em todo o mundo! Traduzido para mais de 40 idiomas! Eleito uma das 100 obras mais importantes da literatura jovem de todos os tempos Tudo está à espera para ser descoberto em "O orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares", um romance que tenta misturar ficção e fotografia. A história começa com uma tragédia familiar que lança Jacob, um rapaz de 16 anos, em uma jornada até uma ilha remota na costa do País de Gales, onde descobre as ruínas do Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares. Enquanto Jacob explora os quartos e corredores abandonados, fica claro que as crianças do orfanato são muito mais do que simplesmente peculiares. Elas podem ter sido perigosas e confinadas na ilha deserta por um bom motivo. E, de algum modo - por mais impossível que possa parecer - ainda podem estar vivas. “Mesmo sem as fotos, esta seria uma história emocionante, mas as imagens dão um irresistível toque de mistério. A narração em primeira pessoa é autêntica, engraçada e comovente. Estou ansioso para o próximo volume da série!” RICK RIORDAN, autor da série Percy Jackson e Os Olimpianos. “Um romance tenso, comovente e maravilhosamente estranho. As fotos e o texto funcionam brilhantemente juntos para criar uma história inesquecível.” JOHN GREEN, autor de A culpa é das estrelas. “Vocês têm certeza de que não fui eu quem escreveu esse livro? Parece algo que eu teria feito...” TIM BURTON

Divulgação: Architettura Deel'amore




Ano:2015
Editora: Lotus
Autora: Cintia Stegemann

Sinopse: Rose Jackson é uma garota forte e decidida, durante toda sua infância estudou e lutou para tornar seu sonho realidade. Agora com 20 anos, finalmente formanda em Arquitetura ela esta prestes a embarcar para Italia e lutar pela sua carreira.
Tudo estava perfeito, Rose tinha conseguido se adaptar bem em sua nova rotina e já havia feito amizades, mas há sempre algo que mexe com nossas estruturas. E, ao se deparar com Thomas o incrível moreno de olhos azuis, um dos maiores clientes da empresa onde trabalha Rose descobrirá que ainda existe uma coisa que ela precisa conhecer: O Amor"

14 de abril de 2016

Resenha: Como eu era antes de você


ISBN: 97885805
Autora: Jojo Moyes
Ano: 2013
Páginas: 320
Editora: Intrínseca
Classificação: ⭐⭐⭐⭐⭐❤

Sinopse: Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Além disso, trabalha como garçonete num café, um emprego que ela adora e que, apesar de não pagar muito, ajuda nas despesas. E namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe.
Quando o café fecha as portas, Lou se vê obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, a ex-garçonete consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto e planeja dar um fim ao seu sofrimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.

13 de abril de 2016

Lançamentos Editora Petit

Oi pessoal, tudo bem?
Hoje eu trago pra vocês os lançamentos da Editora Petit, espero que gostem.


É comum ouvirmos a frase: “família não se escolhe; amigos, sim!”. Na contramão desse senso comum, Manolo Quesada nos mostra em Famíla, somos todos espíritos que entes familiares são fundamentais para nosso crescimento intelectual, espiritual e moral, e a eles devemos dedicar nossa atenção e respeito. Considerando que a família carnal é filtro para o encontro de uma maior e mais harmonizada – a espiritual –, o autor nos lembra de como é importante nos harmonizarmos agora, enquanto estamos juntos, encarnados. Existe, então, uma regra para solidificar os relacionamentos familiares? Neste livro veremos que sim, e que a única maneira de trilhar esse caminho é pela lei do Amor, tão maravilhosamente ensinada por Jesus e que ultrapassou a barreira do tempo e das civilizações.
Este livro nasceu da necessidade de mostrar maneiras simples e práticas de como viver bem em família. De acordo com Manolo Quesada, pequenas ações podem mudar o clima e o comportamento entre os familiares. Por meio de sugestões simples, o autor nos ajuda a solucionar problemas que, no calor de uma discussão, não conseguimos resolver. Ele sugere táticas para facilitar a compreensão e dá dicas práticas de como lidar com questões como namoro, casamento, relação entre pais e filhos, crianças prodígios, e até diante do sofrimento e da dor. Segundo o autor, os filhos merecem atenção especial, pois vieram à família após passar por processo de grande preparação. Ele também alerta os pais sobre a mediunidade das crianças, para que possam entender que esse dom não é doença, e faz uma importante abordagem sobre o papel da dor em nossas existências corporais e na evolução do espírito. E, fundamentalmente, mostra-nos que comportamentos relacionados ao amor, conforme são descritos na Carta de Paulo aos Coríntios, como paciência, gentileza, humildade, respeito, altruísmo, honestidade, compromisso e perdão, leva-nos ao caminho da evolução espiritual. “Toda a mudança que queremos ver no mundo tem que, em primeiro lugar, ser efetivada em nós mesmos”, explica.

11 de abril de 2016

Novidades: Editora Draco



O Teatro da Ira, Diego Guerra

Basta uma faca para começar uma guerra
Jhomm Krulgar é um ninguém. Um rato de estrada. Um cachorro vadio. Um mastim demoníaco. Sua espada está a venda para qualquer um com moedas no bolso e objetivos escusos. Quando uma garota surge prometendo a riqueza de um rei e a realização dos seus desejos de vingança, ele nem imagina que está prestes a se envolver em um dos mais perigosos jogos políticos de sua era.
Agora, ele e Khirk, seu companheiro silencioso, membro de uma antiga raça escrava, partem para o Sul, onde tentarão impedir os rebeldes separatistas de tomar a coroa da maior cidade do Império de Karis. Encontrarão em seu caminho um Magistrado em missão de paz e um mago ilusionista prestes a realizar o maior espetáculo da sua vida.
O Teatro da Ira, primeiro romance da série Chamas do Império, de Diego Guerra, é uma viagem fantástica onde criaturas místicas e soldados comuns lutam lado a lado nas paredes de escudo, implorando pela própria vida e alimentando as fogueiras da morte para fazer valer as vontades de reis e nobres.
Enquanto Krulgar busca cegamente a sua vingança, não faz ideia de que se tornou apenas mais um dos personagens sombrios deste Teatro da Ira.

Lançamentos: Pedrazul Editora




Sinopse: Shirley é a história da órfã Caroline Helstone e da herdeira Miss Keeldar.
Caroline Helstone é uma tímida e doce órfã que vive com seu tio, o reverendo Mr. Helstone, em Briarfield, Yorkshire, interior da Inglaterra. Sua mãe há muito havia desaparecido e seu pai morrido. Os dias na lúgubre casa sacerdotal passam lentamente, mas Miss Helstone é feliz, pois certa encantadora casa de campo, próxima ao Moinho de Hollow, é seu paraíso terrestre. Num morador dessa cottage ela deposita toda sua expectativa de vida. Apaixonada platonicamente por seu primo, Miss Helstone sonha em se casar com ele, mas uma desilusão acontece e ela vê seu mundo ruir. Por outro lado, a vivaz Shirley Keeldar, herdeira de uma grande quantidade de terra e fortuna, mal entra em cena e se torna a mais atraente das mulheres de toda a região. Proprietária de muita terra, todos os homens elegíveis do município, assim que souberam de sua chegada e de sua fortuna, lhe propuseram casamento, mas a herdeira guarda um segredo. Charlotte Brontë, cujo talento reside em explorar o drama psicológico do amor proibido, da perda e da busca pela identidade, nos presenteia com este comovente romance de duas órfãs e a trajetória da família Gerard Moore que, justamente quando o leitor pensa que já descobriu toda a trama, a autora se torna imprevisível. Em Shirley, Charlotte desafia as convenções, explorando os limites da justiça social, ao mesmo tempo contando não uma, mas duas histórias de amor.

Resenha: A Escrava Isaura


Autor: Bernardo Guimarães
Editora: L&PM
Adaptação: Paulo Seben
Ano: 2003
Páginas: 64
Sinopse: “Isaura é uma moça linda. É desejada por muitos homens. Tem a pele quase branca, sendo filha de uma mulata e um homem branco. Mas ela não tem liberdade para agir por sua vontade, porque é uma escrava. Ela pertence a Leôncio, um fazendeiro autoritário que não admite ser contrariado e quer o amor da moça. Por isso, Isaura é obrigada a fugir para longe. Essa é a história principal do romance de Bernardo Guimarães, escritor que estava interessado em discutir a maior vergonha social brasileira, a escravidão. Por mais de 300 anos o Brasil conviveu com gente sendo propriedade de gente. E Isaura, mesmo tendo a pele quase branca, sofre os horrores da falta de liberdade, nesta história romântica com final feliz.”


8 de abril de 2016

Sandy e Júnior Book tag

Oie pessoal, tudo bem?
Pesquisando por aí algumas tags bacanas para responder aqui no blog, eu dei de cara com uma tag de uma dupla que eu cresci amando: Sandy e Júnior. É claro que deu aquela nostalgia básica né, mas não pude evitar de respondê-la aqui.
A tag foi criada pela Tary Zottino do canal Literatour Tv.
Bom espero que vocês gostem OK?!?
Perguntas:


1) "O que é imortal não morre no final" - Um livro que não foge do óbvio


Eu sei que muita gente não concorda comigo, mas sim, eu acho o final de Como eu era antes de você totalmente previsível. Mas isso não tira o encanto do final do livro, apesar de óbvio a autora brilhou em todas as páginas, e conseguiu me emocionar num final de partir o coração.

7 de abril de 2016

Resenha: Ligeiramente Casados




Ano: 2014
Páginas: 288
Vendido por: Editora Arqueiro
Autora: Mary Balogh
Sinopse: À beira da morte, o capitão Percival Morris fez um último pedido a seu oficial superior: que ele levasse a notícia de seu falecimento a sua irmã e que a protegesse - "Custe o que custar".
Quando o honrado coronel lorde Aidan Bedwyn chega ao Solar Ringwood para cumprir a sua promessa, encontra uma propriedade próspera, administrada por Eve, uma jovem generosa e independente que não quer a proteção de homem nenhum.
Porém Aidan descobre que, por causa da morte prematura do irmão, Eve perderá sua fortuna e será despejada, junto com todas as pessoas que dependem dela... a menos que cumpra uma condição deixada no testamento do pai: casar-se antes do primeiro aniversário de morte dele - o que acontecerá em quatro dias.
Fiel à sua promessa, o lorde propõe um casamento de conveniência para que a jovem mantenha a sua herança. Após a cerimônia, ela poderá voltar para sua vida no campo e ele, para sua carreira militar.
Só que o duque de Bewcastle, irmãos mais velho do coronel, descobre que Aidan se casou e exige que a nova Bedwyn seja devidamente apresentada à rainha. Então os poucos dias em que ficariam juntos se transformam em semanas, até que eles começam a imaginar como seria não estarem apenas ligeiramente casados...
Neste primeiro livro da série Os Bedwyns, Mary Balogh nos apresenta à família que conhece o luxo e o poder tão bem quanto a paixão e a ousadia. São quatro irmãos e duas irmãs que, em busca do amor, beiram o escândalo - e seduzem a cada página.

4 de abril de 2016

Resenha: Dezesseis Luas



Autores (as): kami Garcia e Margaret Stohl
Editora: Galera Record
Tradução: Regiane Winarski
Ano: 2014
Páginas: 490
Sinopse: “Ethan é um garoto normal de uma pequena cidade do sul dos Estados Unidos e totalmente atormentado por sonhos, ou melhor, pesadelos com uma garota que ele nunca conheceu. Até que ela aparece... Lena Duchannes é uma adolescente que luta para esconder seus poderes e uma maldição que assombra sua família há gerações. Mais que um romance entre eles, há um segredo decisivo que pode vir à tona.”





1 de abril de 2016

Resenha: A Lista Negra


Autor: Jennifer Brown
Editora: Gutenberg
Ano: 2012
Páginas: 272
Sinopse: O namorado de Valerie Leftman, Nick Levil, abriu fogo contra vários alunos na cantina da escola em que estudavam. Atingida ao tentar detê-lo, Valerie também acaba salvando a vida de uma colega que a maltratava, mas é responsabilizada pela tragédia por causa da lista que ajudou a criar. A lista com o nome dos estudantes que praticavam bullying contra os dois. A lista que ele usou para escolher seus alvos.
Agora, ainda se recuperando do ferimento e do trauma, Val é forçada a enfrentar uma dura realidade ao voltar para a escola para terminar o Ensino Médio. Assombrada pela lembrança do namorado, que ainda ama, passando por problemas de relacionamento com a família, com os ex-amigos e a garota a quem salvou, Val deve enfrentar seus fantasmas e encontrar seu papel nessa história em que todos são, ao mesmo tempo, responsáveis e vítimas.