22 de março de 2016

Resenha: A Sereia




Ano: 2016
Páginas: 368
Vendido por: Editora Seguinte

Autora: Kiera Cass
Sinopse: Anos atrás, Kahlen foi salva de um naufrágio pela própria Água. Para pagar sua dívida, a garota se tornou uma sereia e, durante cem anos, precisará usar a sua voz para atrair pessoas até o mar e afogá-las. Kahlen está decidida a cumprir a sua sentença à risca, até que ela conhece Akinli. Lindo, carinhoso e gentil, o garoto é tudo que Kahlen sempre sonhou. Apesar de não poderem conversar - pois a voz da sereia é fatal -, logo surge uma conexão intensa entre os dois. É contra as regras se apaixonar por um humano, e se a Água descobrir, a sereia será obrigada a abandoná-lo para sempre. Mas pelo menos em muitos anos de obediência, Kahlen está determinada a seguir seu coração.




Resenha:
Amei os livros da coleção “A Seleção” e estava com uma grande expectativa sobre o livro “A Sereia”. Confesso que esperava um pouco mais, achei a leitura monótona, a história gira sempre em torno dos mesmos acontecimentos e os personagens não me cativaram.
Peço desculpas para aqueles que gostaram ou gostarão, lembrando que esta é a minha opinião pessoal. Aconselho que leiam para que tirem suas próprias conclusões e depois voltem aqui no blog para contar, vou adorar saber o que vocês acharam.

A Água é um ser que de tempos em tempos é abatida por uma grande fome que precisa ser saciada pelo bem da humanidade. O trabalho das sereias é saciar a fome da Água, encantando com seus hipnóticos cantos navios e afogando seus passageiros. As sereias precisam servi-la por 100 anos, durante este tempo as suas vozes serão apenas da Água, ninguém poderá ouvi-las porque seria fatal. Essas lindas criaturas são imortais durante o tempo de “escravidão”, não adoecem e nem envelhecem.

“Quando o tempo terminar, você receberá de volta a sua voz e a sua liberdade. E poderá viver.”

Kahlen foi salva pela Água em um desses naufrágios e tornou-se a sereia mais devotada. Suas irmãs sereias curtiam uma balada e encaravam essa vida com uma maior aceitação, já ela, sofria terrivelmente pelas vidas que era obrigada a tirar para alimentar a Água e tinha o hábito de pesquisar sobre a vida de cada pessoa que morrera nos naufrágios. Ela já fazia isso a 80 anos.

Ainda que amasse a Água como a uma mãe e as sereias como irmãs, ela não via a hora de deixar essa vida, e embora vivessem em meio aos humanos, ela fazia de tudo para não se relacionar com nenhum deles, temendo cometer algum deslize e acabar se revelando.

“A Água me garantiu que eu não lembraria de nada disso no futuro, então por que aqueles rostos ainda permaneciam na minha memória?”

Numa tarde procurando livros de bolos de casamento na biblioteca, seu lugar favorito, conhece Akinli, um rapaz gentil, que mais do que sua beleza viu o seus desejos e o seu coração. Embora ela não pudesse se comunicar com palavras ele conseguia compreende-la e essa ligação se tornou forte em pouco tempo. Com medo de se envolver com Akinli ela foge com suas irmãs indo morar em outro lugar. O que ela não havia percebido ainda é que eles já estavam envolvidos e que o laço que os unia era indestrutível.

“Me senti tão boba. Na melhor das hipóteses, ele envelheceria e eu não, e depois, quando o meu tempo de sereia chegasse ao fim, eu o esqueceria completamente.”

O tempo passa e A Água precisa se alimentar novamente, as sereias se unem para cantar e durante o canto Kahlen fica abalada ao ver uma noiva se afogando e chamando por seu marido, tenta ajudá-la e acaba brigando com A Água e fugindo. Ela vai parar em uma praia onde encontra Akinli, fisicamente diferente, mais abatido, e descobre que seus pais morreram a alguns meses.
Ela fica com ele durante um dia e começa acreditar que pode dar certo ficarem juntos escondidos da Água. O sonho se desfaz quando após o primeiro beijo deles ela fala sem querer e ele hipnotizado se joga no mar. Ela implora pela sua vida e promete se afastar dele para sempre.

“A possessão da Água era mais óbvia do que nunca, mas, apesar de tudo o que ela tinha dito, minha mente não parava de voltar a Akinli.”

Com o passar do tempo Kahlen começa a ficar fraca e doente e suas irmãs descobrem que Akinli está tão debilitado e doente quanto ela. As sereias e a Água começam a investigar para descobrir o que está acontecendo com eles e buscar a cura, mas a Água esconde um segredo sobre essa doença.

“É verdade. Sua voz o envenenou. Não posso mais negar isso. A única coisa capaz de curá-lo é a sua voz. Sua voz humana. Para salvá-lo”.

“Por causa do amor verdadeiro, devoto e puro, vocês vão prosperar juntos... ou perecer.”

Será que A Água tão possessiva, principalmente por Kahlen, sua preferida, abrirá mão da moça para salvar a sua vida?

A história do livro é basicamente essa, um casal apaixonado e impedido de ficar juntos e contando com a ajuda de amigos para solucionar esse problema.

Espero que tenham gostado.



Karina Camatti

12 comentários:

  1. Olá Olivia,

    caramba que doidera, não curti a sinopse, é um contrassenso, a Kahlen foi salva de um naufrágio pela própria água, ai vira sereia, ou seja, na teoria mora no oceano, ai ela para pagar sua dívida deve 100 anos de trabalho para as águas, utilizando de sua voz para atrair pessoas, que devem se afogar ou seja morrerem, ai se apaixona por um cara e vive um dilema. Sinceramente não curti, mesmo se tratando de um casal apaixonado impedidos de ficar juntos. Parabéns pela resenha, ficou objetiva, colocou passagens do livro. Bjuss.
    www.sagaliteraria.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Eu realmente não curti esse livro. Achei totalmente sem pé nem cabeça.
      Fico feliz que tenha gostado da resenha. bjs

      Excluir
  2. Oi, Karina.
    A Juliana, colaboradora do meu blog, também leu esse livro, resenhou e não gostou. Apasar do que você disse sobre a história, eu não resisto a coisas que tenham a ver com o mar e/ou com sereias. Por isso esse livro está na minha lista de leitura à tempos. E, contrariando as espectativas, eu acho que vou adorar. Kkkkkkkkk

    Beijinhos da Mady.
    http://mdl-magodoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rayssa! Quando escrevo opiniões negativas sobre algum livro sempre me preocupa que alguém deixe de ler o livro. Gosto que leiam e me digam se pensam como eu ou discordam. Eu realmente não gostei do livro, mas fico feliz que você vai ler. Depois quero saber a sua opinião. bjs

      Excluir
  3. Eu gosto muito da lenda das sereias, mas não gostei do plot desse livro. Achei confuso e mais clichê do que eu gostaria. Gosto de coisas originais, mesmo usando fatos conhecidos é sempre possível trazer algo novo.

    ;D
    Profissão: Leitora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Obrigada pelo comentário. Você tem toda razão é confuso e sem sentido. bjs

      Excluir
  4. Ooi
    Pelo fato de ter amado A Seleção achei que gostaria muito de A Sereia. Mas como tenho visto bastante comentários negativos, até desanimei de ler haha
    Beijoos!
    www.estantemineira.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Não desanime de ler, é importante que tenha a sua própria opinião. Mas vá com a certeza de que não tem nada em comum com A Seleção. Também estava com essa expectativa por ter amado a trilogia. bjs

      Excluir
  5. Quero muito ler esse livro,amo os outros livros da autora e quero demais conhecer essa história. Eu adoro livros cm um bom clichê,claro que se ele for bem desenvolvido,e tenho certeza que darei uma chance a esse

    bjsss

    Apaixonadas por Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Biazinha! Você deve ler com certeza. Também gostei dos outros livros da Kiera, mas esse para mim foi decepcionante. bjs

      Excluir
  6. Karina, tenho uma paixão por sereias, tanto filmes, livros e etc. Já cheguei a estudar a fundo essa lenda das sereias. E então, eu leria esse livro, achei bonito o romance e essa coisa da Água escravizar as sereias. Uma pena que não tenha gostado, volto pra comentar melhor quando tiver lido. Bjs!

    ResponderExcluir
  7. Oiii!

    Ganhei esse livro de aniversário e estou louca para ler!
    A capa é maravilhosa e a sua resenha ficou ótima *-*

    Beijos, Amanda
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir