Light Grey Pointer Uma vida Literária

22 de março de 2017

Resenha: Entre o Agora e o Nunca

Livro: Entre o Agora e o Nunca
Autora: J. A. Redmerski
Editora: Suma de Letras
Páginas: 368
Sinopse: Camryn Bennett é uma jovem de 20 anos que desistiu do amor desde que Ian, seu namorado, morreu num acidente de carro há um ano. Sua melhor amiga, Natalie, é a única capaz de animá-la. Mas a relação entre as duas fica abalada quando o namorado de Nat revela à Camryn que está apaixonado por ela. Perdida, sem saber o que fazer, Camryn vai para rodoviária e pega o primeiro ônibus interestadual, sem se importar com o destino.
Com uma carteira, um celular e uma pequena bolsa com alguns itens indispensáveis, Camryn embarca para Idaho. Mas o que ela não esperava era conhecer Andrew Parrish, um jovem sedutor e misterioso, a caminho para visitar o pai, que está morrendo de câncer. Andrew se aproxima da companheira de viagem, primeiro para protege-la, mas logo uma conexão irresistível se forma entre os dois.
Camryn tenta lutar contra o sentimento, já que jurou nunca mais se apaixonar desde a morte de Ian. Andrew também tenta resistir, motivado pelos próprios segredos. Narrado em capítulos que alternam as vozes de Andrew e Camryn, Entre o Agora e o Nunca é uma história de amor e sexo, na qual os personagens testam seus limites, exploram seus desejos e buscam o caminho que os levará à felicidade.

21 de março de 2017

Li até a página 100: Princesa das Águas

Livro: Princesa das Águas
Autora: Paula Pimenta

1. Primeira frase da página 100:

“Ah, agora você diz isso?”

2. Do que se trata o livro?

O livro conta a história de Arielle Botrel, uma talentosa nadadora, que tem pela frente o desafio de participar da sua primeira olímpiada. Porém, mesmo sendo considerada a p3rincesa das águas, a garota não tem tudo que deseja, mesmo com muitos troféus, medalha e de ter viajado boa parte do mundo, o único desejo de Arielle é ser apenas uma jovem comum, e curtir a vida, ao invés de se sentir tão presa, como se sente.

14 de março de 2017

Parceria: Evilane Oliveira

Hoje o post é super especial, eu vim aqui divulgar a nossa mais nova parceria, com a autora Evilane Oliveira. Queria dizer à autora que este sendo uma honra enorme fazer parte dessa parceira, e também, é claro, gostaria de agradecer toda essa confiança que está sendo depositada no blog.
Conheça um pouco mais da autora...

BIOGRAFIA

Evilane Oliveira é uma cearense de 19 anos que conheceu o mundo da literatura até um pouco tarde, em comparação com outros autores, aos 15 anos quando estudava o ensino médio. Começou a escrever aos 17 anos pelo Wattpad e conquistou alguns leitores que a acompanham desde o seu primeiro romance New adult.
Casada e com uma filha, a nordestina sonha em publicar seus livros em físico e conquistar o coração de mais leitores. Simplesmente Imperfeitos foi seu primeiro livro e hoje podemos encontrá-lo na Amazon como também o segundo e o spiin off e em degustação no Wattpad. Hoje a autora está postando seu mais novo projeto; A Jogada Perfeito que está disponível para compra no site Amazon.

9 de março de 2017

Livros que me fizeram chorar

Oi pessoal, tudo bem?
E quem nunca chorou lendo um livro ne? Acho que todo mundo que gosta de ler já deve ter derramado pelo menos uma lagrima lendo algum livro, seja porque seu personagem favorito morreu, ou porque a serie chegou ao fim, ou até mesmo porque o casal de protagonistas brigam tanto que você não consegue imaginar um final feliz para eles. Pensando nisso, eu decidi trazer para vocês uma seleção de 5 livros que foram capazes de fazer eu me desmanchar em lagrimas.

Harry Potter e o Enigma do Príncipe

Harry Potter foi à primeira saga que li do início ao fim, e toda vez que terminava um dos livros criava uma enorme expectativa em volta do próximo volume. Quem acompanhou ou pelo menos conhece a história escrita por J. K. Rowling, já deve imaginar o porquê desse livro ter me causado tantas lagrimas, e sim, em parte o sofrimento se deve a morte que ocorre no livro, mas também por se tratar do penúltimo livro de uma história que fez e ainda faz parte da minha vida, o medo de ler o próximo volume e ter que me despedir de vez de personagens tão amados era tão grande que por um bom tempo relutei e fiz o possível para não saber nada do próximo livro.

8 de março de 2017

Resenha: Fogo Contra Fogo

Titulo: Fogo Contra Fogo
Autoras: Jenny Han e Siobhan Vivian
Editora: Novo Conceito
Páginas: 352
Sinopse:  A festa de Ano-novo terminou com uma tragédia irreparável, e Mary, Kat e Lillia podem não estar preparadas para o que está por vir. Após a morte de Rennie, Kat e Lillia tentam entender os acontecimentos fatais daquela noite. Ambas se culpam pela tragédia. Se Lillia não tivesse se apaixonado por Reevie. Se Kat não tivesse deixado Rennie ter partido sozinha. Se a vingança não tivesse ido longe demais, talvez as coisas seriam como antes. Agora, elas nunca mais serão as mesmas. Apenas Mary sabe a verdade sobre aquela noite. Sobre o que ela realmente é. Também descobriu a verdade sobre Lillia e Reeve terem se apaixonado, sobre Reeve ser feliz quando tudo o que ele merece é o sofrimento, assim como ela ainda sofre. Para Mary, as tentativas infantis de vingança ficaram no passado, ela está fora de controle e pretende sujar suas mãos de sangue, afinal, não tem mais nada a perder.

3 de março de 2017

Resenha: Dente por Dente

Titulo: Dente por Dente
Autoras: Jenny Han e Siobhan Vivian
Editora: Novo Conceito
Páginas: 510
Sinopse: Depois dos acontecimentos do homecoming, Reeve foi parar no hospital, com uma perna quebrada, e seu futuro como atleta está ameaçado. As meninas se sentem culpadas por toda a situação. Não esperavam que as consequências do plano fossem tão graves. Quase perderam o controle. Já que Reeve está mais arrogante do que nunca, o jeito será aplicar nele uma dose do seu próprio veneno e esperar que aprenda a lição. O acidente no baile deixou marcas profundas na consciência de Lilia, Kat e Mary. Sentimentos como amizade, lealdade e ódio se misturam, questionamentos sobre limites... Alguns segredos são mais difíceis de guardar. Alias, o que são essas coisas estranhas que estão acontecendo com Mary? A medida que Lilia, Kat e Mary descobrem verdades incomodas sobre os moradores da ilha, percebem também que não se conheciam como pensavam. Cada vez mais elas lidarão com o sentimento de que talvez tenham ido longe demais.

1 de março de 2017

Tag: Aí, misericórdia

Oi gente, tudo bem?
Quem aqui não se pegou morrendo de rir de um vídeo que viralizou? Pois é,  acredito que todo mundo já viu e também compartilhou esse tipo de vídeo com os amigos. Um vídeo que recentemente me fez morrer de rir foi o "Aí, misericórdia", de uma garotinha chamada Yasmin, que fez um vídeo se pendurando no suportada tv.
Baseada no video foi criada uma tag super bacana, que consiste responder 5 perguntas relacionadas a frases ditas pelas meninas do video e associá-las à livros... Infelizmente eu não sei quem criou a tag, então não poderei dar os créditos. Bom, agora chega de enrolação e vamos conferir minhas respostas...

Olha a mágica dela – Um livro que você gostou e os outros não:
Desde quando a Jojo Moyes anunciou que Como eu era antes de você teria continuação que eu relutei um pouquinho para aceitar esse fato, afinal de contas, Depois de você é um livro bem desnecessário, já que o primeiro livro tem início, meio e fim. Mesmo assim decidi encarar a leitura, e como não tinha expectativa alguma, o livro se tornou bem satisfatório para mim, em alguns momentos até achei que foi um pouco melhor que Como eu era antes de você. Eu creio sim que o maior problema que a maioria dos leitores enfrentaram foi com a bendita expectativa, já que o primeiro livro caiu na graça da maioria dos seus leitores graças aos seus personagens, e acredito que ver que um deles não está ali presente de alguma forma acabou gerando tanta decepção.

25 de fevereiro de 2017

É carnaval, que alegria...


É carnaval! Que alegria!
Olha o homem fantasiado da mulher
Que até ontem ele chamava de vadia
Falava que travesti é feio, indecente
Mas na avenida está de vestido e batom vermelho
É carnaval! Que alegria!
Os cara bêbado pegando pelo braço
E se a mina disser que não
Aí é barraco!
Se tá aqui é pra curtir
Pegar geral
Se divertir
E se engravidar a culpa é sua
Saiu de casa porque quis
Ele não teve culpa nenhuma
Estava bêbado
Louco
Alucinado
O pênis entrou enquanto ele estava chapado
Não pode ser considerado responsável
É carnaval! Que alegria!
Rebola pretinha que eu te desejo
Samba gostosa que eu te almejo
Mas pra te assumir
Aí não vai dar, não
Pego pela bunda, mas nunca pela mão
É carnaval! Que alegria!
Acelera que hoje é dia de Ivete
Feriado
Beijo na boca
Confete
Camisinha?
Proteção não precisa, pode confiar em mim
DST a gente nem pegar se fizer assim
É carnaval! Que alegria!
Meu corpo é o que te entretém
Eu sou o que te convém
É carnaval
Que alegria.


Texto escrito por Izabely Nayhara

21 de fevereiro de 2017

Resenha: Olho por Olho

Título: Olho por Olho
Autora: Jenny Han e Siobhan Vivian
Editora: Novo Conceito
Páginas: 320
Sinopse: Alguma vez você já quis realmente se vingar de alguém que a ofendeu? Talvez uma ex-amiga que a apunhalou pelas costas, ou um namorado traidor, ou um namorado traidor, ou um estupido da escola que a humilhou desde que você era pequena...
Alguma vez você já sonhou em envergonha-lo na frente de todos? E, então, alguma vez você se uniu com outras duas pessoas para criar um elaborado esquema de destruição e revanche? A maior parte de nós não pode dizer que sim a todas essas perguntas (felizmente). Mas, certamente, todos nós somos capazes de nos identificar com muitos dos sentimentos de Kat, Lilia e Mary em Olho por Olho...
No entanto, de um exercício de malicia, de uma simples brincadeira adolescente, o jogo “aqui se faz, aqui se paga” poderá assumir proporções trágicas, m que até mesmo as leis da natureza vão se dispor, misteriosamente, a acalmar os corações ofendidos.
Deixe-se levar por uma genuína história sobre o certo e o errado, o justo e o injustificável e procure entender _ se possível _ os verdadeiros motivos que transformam estas três meninas.
Dramático, honesto e fascinante, este é um livro que ultrapassa todas as expectativas!


Resenha:

“Garotas crescidas não choram...
Elas acertam as contas.”

Eu ainda não sei dizer se amei ou se odiei o livro, na verdade eu me sinto um pouco enganada, Olho por Olho foi para mim aqueles livros que prometem, mas no fim parecem não cumprir tudo aquilo que prometeu. O livro não é ruim, por favor não me entendam mal, ele é apenas inocente demais para o tema que aborda, e todos nós sabemos o quanto as pessoas podem ser cruéis, principalmente se forem movidas pelo sentimento de vingança.
Mary, Kat e Lilia estão no ensino médio e apesar de serem tão diferentes entre si, as três carregam o grande desejo de vingança. Mary foi atormentada durante a infância por um garoto, que constantemente praticava bullying contra ela, e com isso a garota teve toda sua vida destruída. Kat foi desprezada e humilhada por uma amiga e agora ela tá cansada de levar desaforo para casa. Lilia se deixou levar pelo cara errado e agora será capaz de tudo para proteger sua irmã. Cansada de esperar o “carma” agir, as três se unem num plano de vingança, um plano que parece perfeito, mas que qualquer deslize pode colocar tudo a perder ou até mesmo destruir a vida de algumas pessoas pelo caminho.

“Ninguém pode jamais saber o que vamos fazer. O que fizermos juntas vivera e morrera conosco.”

Assim que li a sinopse do livro confesso que estava preparada para um plano ardiloso de vingança, e iniciei a leitura com a certeza de que muitas pessoas iriam se machucar ao longo do caminho. Kat, Mary e Lilia tem motivos de sobra para se vigarem em grande estilo e sem medo das consequências. Aliás quem poderia desconfiar delas? Mary é uma garota doce e que passa totalmente despercebida a escola; Lilia é a garota rica, mas sempre humilde; e Kat apesar de seu comportamento rebelde, todos acreditam que ela é incapaz de fazer mal a alguém. Então seria realmente fantástico ver essas três unidas em um plano de vingança capaz de botar a Ilha de Jar inteira de pernas pro ar, porem o que realmente acontece são vinganças bobas e inocentes, que parecem mais brincadeiras de mal gosto, e o único fato que pode trazer algumas consequências na vida das garotas tem um toque sobrenatural, já que uma das garota tem um toquezinho de “Carie, a estranha”.
Apesar do livro não ser bem aquilo que eu esperava, as autoras conseguiram de certa forma me prender, e até mesmo fazer com que eu criasse uma certa afinidade com os seus personagens e torcesse por eles de algumas forma.

“Nos três somos um círculo. Estamos ligadas uma as outras agora. Posso sentir. Sinto poder também. Toda a conversa, o trabalho duro, as brincadeiras que fizemos, isso tudo nos trouxe até aqui e agora.”

Narrado em primeira pessoa e com os capítulos alternados entre Mary, Kat e Lilia, o que permite a leitor uma visão ampla da trama. O livro possui uma leitura fácil e ágil e, apesar de não fugir de alguns clichês do gênero Young Adult, as autoras souberam conduzir bem a história, mantendo o clima de suspense em cada página.
Enfim, Olho por Olho apresenta todos os elementos encontrados na maioria dos YA que vemos por aí, a garota rica e popular, a rebelde sem causa e a mocinha tímida e que ninguém parece notar. E mesmo ficando ali na zona de conforto, sem fugir do obvio, as autoras foram capaz de criar uma história totalmente singular. E logico que eu não poderia deixar de recomendar a leitura.

18 de fevereiro de 2017

Ele é ótimo...

Ele é um rapaz ótimo. Juro, vocês não vão nem acreditar. Faz publicidade, gosta de viajar, não tem vícios. Minha mãe o adora. É muito carinhoso, só um pouco ciumento. Me deu flores no nosso aniversário de namoro. Curtimos o show de Los Hermanos grudadinhos, aquela barba me fazendo cócegas na nuca. Ninguém é perfeito, né? Ele só não saiu daquele grupo de putaria do whatsapp por causa dos brothers. Coisa de homem. Mas é um cara ótimo. Seria incapaz de levantar a mão pra mim - totalmente diferente do meu ex escroto. Esse não, ele é ótimo.